Tribunal de Setúbal vandalizado

485
visualizações

 

- Pub -

Crimes contra a propriedade pública voltam a assombrar Setúbal. Após o arremesso de cocktails molotov contra a esquadra da PSP da Bela Vista e ecopontos incendiados, o Tribunal de Setúbal amanhece com grafitis pejorativos na fachada

 

 

 

Hoje, pelas 6h00, os proprietários da restauração próxima ao Tribunal de Setúbal abriram portas e deparam-se com uma paisagem urbana que em tudo foge ao habitual, nesta zona da cidade.

Vários grafitis com ofensas e ameaças foram realizados na fachada do edifício do tribunal durante a noite. Quanto a responsáveis, “até ao momento não sabemos se de facto alguém foi identificado, nem como terá sido feito este acto de vandalismo, no centro da cidade, sem que alguém desse conta”, revela um dos comerciantes.

Em contacto com o Comando Distrital da PSP de Setúbal, o jornal O SETUBALENSE-DIÁRIO DA REGIÃO tomou conhecimento que, “a ocorrência foi registada pela PSP como crime contra a propriedade pública, tendo sido deixada a indicação, junto do tribunal, para que as imagens grafitadas sejam preservadas, uma vez que constituem prova de crime”.

Quanto a responsáveis, a mesma fonte da PSP indica que, “até ao momento ainda não foram identificados quaisquer suspeitos”. Motivo pelo qual a queixa foi apresentada contra desconhecidos, junto do Ministério Público.

Apesar da ocorrência de vários actos de vandalismo no decorrer da passada semana, com o arremesso de cocktails molotv contra esquadra da PSP localizada na Bela Vista, vários ecopontos incendiados e viaturas particulares danificadas, a polícia mantém uma posição ponderada sobre a correlação destes crimes. “Até ao momento não podemos confirmar se esta situação está relacionada com as situações ocorridas na Bela Vista, ou que o acto tenha sido realizado pelo mesmo grupo de pessoas”.

 

Comentários

- Pub -