Andebol vitoriano nos quartos da Taça de Portugal

20
visualizações

A equipa de andebol do Vitória voltou a vencer na Taça de Portugal e alcançou os quartos-de-final, deixando para trás o Alto do Moinho com um ambiente nas bancadas a fazer lembrar os bons velhos tempos. Treinador acredita que o grupo pode chegar ainda mais longe.

- Pub -

 

O Pavilhão Antoine Velge foi palco de um grande jogo de andebol, no qual o Vitória e o Alto do Moinho procuraram seguir em frente na Taça de Portugal. A sorte sorriu aos sadinos, que foram a equipa mais dominadora em campo, e lançou o grupo de Danilo Ferreira para os quartos-de-final da prova.

Ao intervalo, o marcador assinalava 11-9 a favor dos vitorianos, que aumentaram a vantagem no decorrer da segunda parte e fecharam o encontro com um triunfo por 23-17. Ricardo Pereira, com seis golos, foi quem mais faturou na vitória sadina, para a qual contribuíram também Bruno Gaspar (4), Francisco Fuzeta (4), Marco Gil (2), Gonçalo Neves (2), Mário Fuzeta (1), Gonçalo Cunha (1), Pedro Padre (1), David Tavares (1) e Tiago Martins (1).

“Foi uma vitória muito importante frente a um adversário de qualidade que lutou até ao fim. Chegar mais longe? Todos sonhamos em estar nos melhores palcos. Temos consciência do nosso valor, do valor dos adversários e, com alguma sorte, poderemos continuar na prova”, disse o treinador Danilo Ferreira, que agradeceu o “apoio incondicional” dos adeptos: “O ambiente esteve ao nível dos melhores do mundo. Estiveram mais 1.100 pessoas no Pavilhão, um número pouco comum em Portugal. É a prova que a cidade gosta do clube.”

O sorteio da próxima eliminatória realiza-se segunda-feira, em Lisboa, e a equipa volta aos jogos no próximo domingo, frente ao CDE Camões no Pavilhão Antoine Velge.

 

Comentários

- Pub -