Setúbal vai ter três parques de estacionamento subterrâneo, dois na Avenida Luísa Todi e um no hospital

655
visualizações

No total são 800 lugares. Câmara prepara lançamento do concurso público para concessão do investimento. Na Avenida Luísa Todi os parques vão ter três pisos

 

- Pub -

A cidade de Setúbal vai ter três novos parques de estacionamento subterrâneo, dois na Avenida Luísa Todi e um na zona do hospital, junto à Praça de Touros Carlos Relvas, num total de 800 lugares.

A informação foi revelada pela presidente da Câmara na reunião pública de hoje do executivo municipal em que foi aprovado o regulamento municipal de estacionamento tarifado, que, segundo a maioria CDU, é condição para que possa ser lançado o concurso público para os novos três parques de estacionamento no sub-solo.

Os dois parques de estacionamento na Avenida Luísa Todi vão ter 300 lugares cada um, sendo que um será construído ao meio da avenida, mais perto da Praça do Bocage, e o outro na zona poente, perto da saída para a Arrábida.

O parque do hospital terá capacidade para 200 estacionamentos e ficará localizado próximo da praça de touros.

Dores Meira, referiu que os parques na Avenida Luísa Todi serão de “três pisos”, mas os pormenores só serão integralmente fixados no caderno de encargos que ainda vai ser elaborado.

O concurso público deverá ser lançado pelo município ainda este ano, mas não há prazo fixado, uma vez que os procedimentos prévios são de tempo e desfecho relativamente incerto.

Para já foi aprovado o regulamento geral de estacionamento tarifado na cidade que vai ainda à Assembleia Municipal e terá um período de discussão pública. Só depois a Câmara Municipal poderá avançar para o lançamento do concurso público para encontrar investidores interessados na construção e exploração dos três parques de estacionamento.

O regulamento de estacionamento tarifado foi aprovado apenas pelos votos da maioria CDU, com os vereadores do PS e PSD a votarem contra. O tema mereceu amplo debate na reunião, com troca de argumentos entre a maioria e a oposição, de que daremos conta na edição da próxima segunda-feira, dia 14, do jornal O SETUBALENSE.

Comentários

- Pub -