Como o distrito vai dizer olá a 2019

237
visualizações

Cinco municípios da região (Setúbal, Almada, Seixal, Sesimbra e Montijo) apresentam propostas de especial fim de ano. Na maioria dos restantes concelhos são as colectividades ou associações que contam as passas

Os festejos vão do marisco à bifana, sem dispensar o habitual caldo verde e a tradição das 12 passas regadas a champagne. Mas é O SETUBALENSE – DIÁRIO DA REGIÃO quem hoje serve o cardápio das celebrações com que o distrito vai dizer adeus ao velhinho 2018 e olá ao recém-nascido que se segue no calendário gregoriano, o qual teve Portugal como um dos primeiros países adoptantes, em 1582 (já lá vão 436 passagens de ano…).
Vai haver fogo-de-artifício a rasgar os céus, concertos de fazer estremecer de ritmo o piso e até a singularidade de cumprimento do ritual de boas-vindas ao novo ano debaixo do mar. Um menu que promete atrair milhares a vários dos pontos mais emblemáticos da região. Para conferir, já de seguida.

Setúbal celebra frente ao Rio Azul

- Pub -

Setúbal saúda 2019 com os seus já tradicionais festejos frente ao rio. O Fim de Ano Azul é marcado por actuações musicais em três palcos colocados ao longo da frente ribeirinha e por um espectáculo pirotécnico no Sado.

Pelas 0h00 a baía ilumina-se com o fogo-de-artifício antecedido de contagem decrescente, a partir de uma estrutura instalada a cerca de 30 metros de altura, com números iluminados.

Após a entrada no novo ano, o grupo Beliche actua no Palco Casa dos Pescadores, das 00h15 às 02h00. O músico Jorge Nice também actua entre as 00h15 e as 02h00, mas no Palco Rockalot, na Praia da Saúde. E na Tenda dos Golfinhos, na Doca dos Pescadores, o DJ Paulo Di-Light brinda o público das 23h00 às 02h00.

A festa também é feita em mais de 60 restaurantes e bares da frente ribeirinha e da Avenida Luísa Todi, que ficam abertos até mais tarde e dinamizam programas de animação.

Almada apresenta Anselmo Ralph

A passagem de ano em Almada vai ter no palco, depois da meia-noite, Anselmo Ralph. Mas a festa começa a partir das 22h30 com o espectáculo dos Rock em Stock, uma banda de covers que vai interpretar temas intemporais de bandas portuguesas que despontaram em finais dos anos 70, 80 e 90.

Antes da meia-noite o palco é dos bailarinos da Escola de Dança Next, vice-campeões do Mundo na categoria de Mega Crew Hip Hop Teams. Segue-se o esperado fogo-de-artifício, este ano sincronizado entre Almada e Lisboa.

Seixal com 2 palcos para a baía

Dois palcos recebem o novo ano nas zonas ribeirinhas de Seixal e Amora, que vão animar-se ao som de vários DJ e, para a meia-noite, está marcado fogo-de-artifício lançado do espelho de água da baía.

A animação da noite vai ficar a cargo dos DJ Luís Varatojo (Peste & Sida, Despe & Siga, Linha da Frente, A Naifa e Fandango), Nuno Calado (Antena 3), Riot (Buraka Som Sistema) e It’s a Trap Experience (evento pioneiro da música trap em Portugal).

Sesimbra nos céus e debaixo de água

O réveillon de Sesimbra presta homenagem a Aretha Franklin e Montserrat Caballé, duas divas da música que morreram em 2018. Além da música, não podia faltar o fogo-de-artifício na baía. A animação musical vai ter palcos no Largo da Marinha e no Largo de Bombaldes, entre as 22h00 e as 2 da manhã.

A passagem de ano subaquática é já uma das imagens de marca de Sesimbra, com os mergulhadores a entrarem na água junto ao Porto de Abrigo. Os restaurantes e bares da vila vão estar abertos até bem perto do nascer do Sol.

Montijo dá espectáculo piromusical

A Câmara Municipal do Montijo volta a apostar na música e na pirotecnia para dar as boas-vindas a mais um ano. A celebração da passagem de 2018 para 2019 arranca na Praça da República, pelas 22h00, com a actuação do DJ Pedro Ramalho a abrir o apetite para aquele que será o prato forte das comemorações: o espectáculo de fogo-de-artifício (piromusical), na frente ribeirinha da cidade, assim que os ponteiros do relógio assinalarem a meia-noite.

A animação regressa de seguida à Praça da República, onde, até às 2h30 da madrugada, actua o grupo “Xutos à nossa maneira”.

Palmela aposta nas colectividades

A passagem de ano em Palmela vai manter-se dentro da tradição da terra. A Câmara Municipal não promove concertos nem fogo-de-artifício e deixa a animação à responsabilidade das colectividades que, tradicionalmente, organizam jantares e bailes para comemorar a entrada do ano novo.

Depois, a 6 de Janeiro, é o cantar das Janeiras com a população a sair à rua para celebrar a Noite de Reis e o ano novo, numa organização da Câmara Municipal com o movimento associativo. O desfile dos grupos corais tem início às 21h00, nos Paços do Concelho, e percorre o Centro Histórico da vila.

Moita com amigos no Banheirense

No concelho da Moita a entrada no novo ano faz-se com a participação do associativismo local. A União Desportiva e Cultural Banheirense está a organizar uma noite de muita animação e convívio entre amigos.

As celebrações de fim de ano começam pelas 19h30 com animação musical por Gina Reis e um brinde para dar as boas-vindas a 2019. No primeiro dia de 2019, a festa continua com mais animação e convívio entre banheirenses e convidados.

Barreiro à boleia do Terreiro do Paço

Ainda não é este ano que o Barreiro celebra a passagem de ano com animação organizada na sua frente ribeirinha. Por agora, os barreirenses podem realizar o seu próprio convívio no lugar que é ex-líbris da cidade: a Avenida da Praia. À beira-rio, com vista para Lisboa, têm a oportunidade de reviver o tradicional fogo-de-artifício do Terreiro do Paço.

A Sociedade Filarmónica Agrícola Lavradiense também faz réveillon, com a animação musical a estar assegurada pelo Alpha Trio.

Alcochete festeja na Sociedade do Samouco

No concelho de Alcochete, destaque para o já tradicional réveillon que a Sociedade Filarmónica Progresso e Labor Samouquense leva a efeito.

A despedida de 2018 e o abraço à chegada de 2019 – ano em que a colectividade vai comemorar um século de existência – vai fazer-se, como é habitual, na sede nova da instituição e inclui jantar. A animação está garantida com a actuação em palco do grupo Vice-Versa.

Associação de Carnaval anima Sines

 

Em Sines, a passagem de ano vai poder ser celebrada no Pavilhão da Junta de Freguesia local. A Associação de Carnaval é a entidade que organiza o réveillon, a partir das 8h30, com jantar incluído.

As comemorações serão animadas com a actuação artística do acordeonista Hélio Esteves. Está ainda prevista a realização de um espectáculo de fogo-de-artifício na zona próxima ao pavilhão da junta.

Santiago do Cacém tem Alexander’s

No concelho de Santiago do Cacém, as 12 badaladas à meia-noite têm na discoteca Alexander’s um dos principais locais de celebração. Agendado para o local está o habitual réveillon, com jantar incluído e bar aberto. A animação estará a cargo do duo musical Sonante. À meia-noite haverá fogo-de-artifício.

Grândola aproveita Tróia

Tróia é o destino mais apetecível para assinalar a chegada do ano novo no concelho de Grândola. A programação da festa Fim de Ano Azul em Setúbal, que promete animar e colorir a baía sadina, estende-se como vem sendo habitual até àquele destino turístico de excelência que serve os dois concelhos.

Alcácer dá cinema aos mais novos

Na entrada do novo ano, o Auditório Municipal de Alcácer do Sal vai exibir, a 1 de Janeiro, o filme de animação “Grinch”, dobrado em português. Uma sessão dedicada aos mais novos, com entrada gratuita e agendada das 15h00 às 17h30.
O filme conta a história do abominável Grinch que leva uma vida solitária na sua caverna, no Monte Crumpit com o fiel amigo, o cão Max.

Comentários

- Pub -