Jogo no Pinhal Novo teve cinco grandes penalidades

17
visualizações

O Pinhalnovense empatou em casa com o Angrense (2-2) num jogo que ficou marcado por cinco grandes penalidade, duas convertidas pela equipa de Pinhal Novo e uma pelo Angrense que ainda desperdiçou duas, por mérito do guarda-redes Pedro Carvalho. E a tudo isto há ainda a salientar e expulsão de Zhang que obrigou o Pinhalnovense a jogar em inferioridade numérica desde os 34 minutos.

- Pub -

Diego Zaporo abriu o activo logo aos três minutos colocando o Pinhalnovense na frente do marcador mas aos 34 dá-se a expulsão de Zhang e, logo a seguir surge a igualdade com Queirós a marcar também de penalti para o Angrense. Três minutos depois os açorianos voltaram a marcar, desta vez por Pedro Aguiar e foram para o intervalo a ganhar por 2-1.

Apesar das adversidades o Pinhalnovense continuou a lutar por um resultado melhor e criou várias oportunidades, entretanto desperdiçadas, até que aos 82 minutos, Diego Zaporo consegue igualar marcando pela segunda vez na cobrança de um pontapé de penalti.

Tendo em conta aquilo que fez e as incidências do próprio jogo a vitória era o resultado que melhor assentava ao Pinhalnovense.

Olímpico tomba ao cair do pano

No Montijo, o Olímpico saiu derrotado do confronto com o Praiense, líder da Série D, num jogo em que ficou reduzido a 10 jogadores por expulsão de Ivan, aos 20 minutos. E, como se isto não bastasse, fica ainda o amargo de boca pelo facto de ter visto o adversário marcar os seus golos aos 87 e 90+3 minutos.

Pode-se dizer que o jogo teve duas partes, uma em que o Olímpico se mostrou superior até ao momento da expulsão e outra em que foi o Praiense a mandar no jogo mas sempre com a equipa do Montijo a bater-se bem na procura de um resultado positivo. A sorte, porém, acabou por bafejar a equipa açoriana que fez o seu primeiro golo na parte final do jogo e o segundo já em período de compensação, numa altura em que o Olímpico tentava chegar à igualdade.

Amora cede empate na Medideira

No Estádio da Medideira, o Amora não conseguiu melhor que um empate no jogo que disputou com o Armacenenses e, em consequência disso, baixou para o 5.º lugar da tabela classificativa. Ao intervalo os amorenses venciam por 1-0 com um golo marcado por Tiago Duque e quando se pensava que o jogo viesse a terminar assim os algarvios conseguiram chegar ao empate por intermédio de Yaggo, aos 86 minutos. Este foi sem dúvida um resultado penalizador para o Amora que nos últimos seis jogos tem apenas uma vitória.

Comentários

- Pub -