Autarquia debate soluções para a cidade em parceria com munícipes

19
visualizações

Durante o mês de Dezembro a Câmara Municipal de Setúbal realiza um conjunto de reuniões, com moradores desde o Monte Belo Sul, ao Bairro Santos Nicolau, passando pelo Vale de Cobro, no sentido de apresentar obras a realizar e conhecer outras necessidades locais

 

- Pub -

 

No contexto do conjunto de obras públicas que tem planeado para a cidade, a Câmara Municipal de Setúbal tem agendadas reuniões, com moradores de diferentes bairros, no sentido de discutir assuntos do interesse destes munícipes.

Após a reunião realizada no dia 4 com os moradores do Monte Belo Sul, para discutir intervenções de beneficiação do bairro e com o objectivo de constituir uma comissão que represente os residentes no acompanhamento das acções a efectuar. Segue-se, hoje, uma nova reunião na Escola Básica Luísa Todi, pelas 21h00, com os moradores de Vale de Cobro, com o objectivo de auscultar os munícipes residentes nesta zona sobre questões de interesse local.

A última reunião programada para Dezembro, realiza-se no dia 10 e serve para apresentar aos moradores do Bairro Santos Nicolau intervenções realizadas ou em curso. Uma sessão que irá decorrer pelas 21h00 no Núcleo dos Amigos do Bairro Santos Nicolau.

 

Comunicação de proximidade com os munícipes

 

Em declarações recentes a O SETUBALENSE-DIÁRIO DA REGIÃO, o vereador Carlos Rabaçal, responsável pelas Obras Municipais, referiu a importância destes encontros “no sentido de ouvir em proximidade os setubalenses e também os azeitonenses, de modo a definir que problemas estão a afectar o seu dia-a-dia, que equipamentos estão em falta nos bairros e quais as prioridades mais urgentes”.

A centralidade destas reuniões incide também sobre “as obras que a autarquia tem planeado para os diferentes bairros e de que modo é possível minimizar os seus impactos no quotidiano”.

Durante a reunião do Monte Belo Sul, que também contou com a presença do presidente da Junta de Freguesia de São Sebastião, Nuno Costa, dezenas de moradores apresentaram essencialmente questões relacionadas com problemas e possíveis soluções a nível da circulação rodoviária.

Entre as questões apresentadas os munícipes destacaram “a necessidade de reforçar a capacidade de estacionamento automóvel e de melhorar o esquema de circulação com um aumento da segurança rodoviária esteve no centro das preocupações, com o município a assegurar que irá ser estudada a mobilidade do bairro”, apresenta a autarquia em comunicado.

Comentários

- Pub -