Vereador João Afonso motiva suspensão da reunião de câmara por 1 hora

84
visualizações

A reunião de Câmara do Montijo acaba de ser suspensa por uma hora por proposta do presidente da autarquia, Nuno Canta, devido ao facto de o vereador social-democrata João Afonso ter informado não poder estar presente antes das 16h00.

- Pub -

“Proponho a suspensão da reunião até às 16h00 de forma a salvaguardar o direito da oposição, defendendo o princípio constitucional das minorias”, justificou o presidente da Câmara.

Da bancada da CDU, Carlos Jorge de Almeida lembrou e criticou a alteração do horário das reuniões que foi aprovado neste mandato pela maioria socialista, salientando que os eleitos da CDU tiveram de se adaptar à nova realidade.

“Estar a fazer uma suspensão [por este tipo de motivo] não nos parece que seja uma fórmula a seguir sempre. Desta vez, excepcionalmente passa, mas…”, atirou.

A reacção do comunista não agradou a Nuno Canta que considerou não ser o regimento da Câmara que ali estava em discussão, originando-se uma ligeira troca de galhardetes com o autarca da oposição.

Os autarcas socialistas acabaram por abandonar o salão nobre dos Paços do Concelho e a proposta ficou por votar.

Comentários

- Pub -