Setúbal reforça qualidade na recolha de resíduos urbanos na cidade

36
visualizações
Serviços de Higiene e Limpeza colocam 200.º contentor subterrâneo

Menos odores e mais capacidade de recolha. Estas são as principais vantagens dos contentores enterrados que a Câmara está a colocar na cidade. Em breve este equipamento deverá chegar ao resto do concelho 

- Pub -

 

A Quinta da Saboaria foi a urbanização escolhida pela Câmara de Setúbal para receber o contentor subterrâneo número 200. O sistema de deposição e recolha de resíduos urbanos na cidade tem vindo a ser renovado desde 2013, sendo os contentores convencionai substituídos por sistemas enterrados, em vários locais do município.

Segundo a Câmara de Setúbal os contentores subterrâneos são “mais funcionais e têm maior capacidade de integração na malha urbana, o que possibilita a melhoria da imagem urbana”.

Estes equipamentos têm uma capacidade de 3000 ou 5000 litros, em vez dos 800 litros de um contentor convencional. “As soluções subterrâneas potenciam, igualmente, uma melhoria das condições de higiene urbana e um acondicionamento mais eficaz dos resíduos”, reforça a autarquia.

Por cada contentor subterrâneo colocado são retirados três a quatro convencionais de superfície, o que, pelas contas dos serviços se traduz num “aumento significativo da capacidade de deposição.

Outra vantagem do sistema enterrado é que, como a temperatura no subsolo é inferior à da superfície, “a deterioração dos resíduos e consequente emissão de cheiros é retardada, traduzindo-se numa melhor qualidade de vida para as populações”.

Com esta operação, Setúbal fica com um total de 200 contentores subterrâneos, no seguimento da estratégia municipal de gestão de resíduos, que visa um “melhor acondicionamento e tratamento dos resíduos sólidos urbanos”. Segundo os serviços da Câmara está previsto o “alargamento deste sistema a outras áreas do concelho”.

 

 

Comentários

- Pub -