Ranking das 500 Maiores Empresas do Distrito de Setúbal

The Navigator Company entra para o 2.º posto e Infra-estrutiras de Portugal fecha pódio

181
visualizações
Autoeuropa mantém-se líder com novo fôlego

Com base nos dados fornecidos pela consultora IBERINFORM Portugal, O SETUBALENSE – DIÁRIO DA REGIÃO dá a conhecer o Ranking das 500 Maiores Empresas do Distrito de Setúbal. Todas as empresas nos 11 primeiros lugares registaram crescimento no volume de negócios em 2017.

Pular para as 5oo maiores

Depois de um ano (2016) de quebra – que ainda assim lhe permitira manter a liderança do ranking –, a Autoeuropa (Palmela) voltou, em 2017, a consolidar a primeira posição, mas desta feita com novo fôlego, já que registou um significativo crescimento em todos os indicadores económicos.

Logo atrás da fábrica de Palmela, no Ranking das 500 Maiores Empresas do Distrito de Setúbal, encontra-se The Navigator Company (Setúbal), que destronou do segundo lugar a Infra-estruturas de Portugal (Almada) que fecha o top 3. Nota de destaque para a produtora de cimento Secil (Setúbal), com uma entrada directa a encerrar o top 10, bem como para a queda da Coca-Cola European Partners Portugal, localizada em Azeitão, Setúbal, do 7.º lugar (em 2016) para o 11.º posto (em 2017). A Repsol Polímeros, localizada em Sines, a Midsid, empresa de comércio por grosso de tabaco instalada em Alcochete, a About The Future Paper e a Navigator Pulp, ligadas à produção de papel do grupo Navigator, baixaram todas uma posição, ocupando respectivamente 4.º, 5.º, 6.º e 7.º postos. A Lusosider mantém a 8.ª posição e a Aldi subiu do 10.º para o 9.º lugar.

De acordo com os dados da IBERINFORM e comparativamente com 2016, a fábrica de automóveis da marca alemã Volkswagen, localizada em Palmela, conheceu em 2017 uma variação positiva de 25,98% no volume de negócios e de 52,71% nos resultados líquidos, bem como uma subida de 65,67% para 70,38% da taxa de exportação. Além disso, passou dos 3 453 para os 4 540 empregados. Resultados que são fruto da implementação de novas políticas de produção da empresa com a chegada do novo modelo T-Roc. Em termos de volume de negócios, a Autoeuropa passou dos 1.528 mil milhões de euros registados em 2016 para os 1.925 alcançados em 2017. Já as exportações alcançaram 1.355 mil milhões de euros, em contraponto com os 1.003 mil milhões arrecadados em 2016.

A Navigator Company surge no 2.º lugar, por força de um aumento do volume de negócios tremendo: passou de 47,7 milhões de euros para qualquer coisa como 1.541 mil milhões, registando uma variação positiva na ordem dos 3127,62%. Exportou 87,60% da produção, no valor de 1.350 mil milhões. Nota ainda para o facto de três empresas do grupo Navigator surgirem no top 10 do ranking.

A Infra-estruturas de Portugal, empresa pública destinada a gerir e a administrar as estruturas ferroviárias e rodoviárias nacionais, registou um ligeiro crescimento na variação do volume de negócios (0,03%), facturando 1.160 mil milhões no último ano.

Crescimento significativo registou a Secil, que apresentou uma variação positiva de 12,55% no volume de negócios, passando de uma facturação de 176 milhões de euros (em 2016) para 198 milhões no ano passado. A taxa de exportação foi de 36,96%.

Sector dos vinhos afirma-se com quarteto no top 100

O sector dos vinhos está cada vez mais a afirmar-se de forma determinante na evolução da economia do distrito. Quatro produtores da região integram o top 100 das 550 Maiores Empresas. A Bacalhôa, que surge no 75.º lugar com 23,1 milhões de euros de volume de negócios; a Casa Ermelinda Freitas (81.º) com 20,6 milhões de facturação, a José Maria da Fonseca (94.º) com 18,3 milhões e a Cooperativa Agrícola de Santo Isidro de Pegões (97.º) que atingiu os 18 milhões de volume de negócios.

 

IBERINFORM Portugal
A marca nasceu em Portugal, em Setembro de 2016, na sequência da aquisição de 80% do capital da Ignios pela Iberinform Internacional. Com escritórios em Lisboa e Porto, a Iberinform é a filial da Crédito y Caución que oferece soluções de gestão de clientes para as áreas financeiras, de marketing e internacional. Fornece bases de dados para a identificação de novos clientes e ferramentas que facilitam a gestão de riscos, a análise e acompanhamento de clientes ou sectores.

 

500 Maiores Empresas do Distrito de Setúbal

Coca-Cola European Partners – Quarenta anos de uma história de sucesso em Setúbal e em Portugal
Joaquim Santos, Presidente da Câmara Municipal do Seixal
Nuno Mascarenhas, presidente da Câmara Municipal, realça âncora do desenvolvimento económico
Empresa prevê encerrar ano com 45 milhões de volume de negócios
Com nove postos de abastecimento no distrito de Setúbal, o Grupo Rebola é uma das maiores organizações do sector neste espaço geográfico.
Empresa instalada em Sines ocupa quarto lugar no ranking
Produtora do concelho de Palmela ocupa o 81.º lugar entre as 500 maiores empresas do distrito
Cooperativa agrícola figura no top 100 com uma facturação superior a 18 milhões de euros
Henrique Soares, presidente da Comissão Vitivinícola da Região da Península de Setúbal
A Hempel Portugal construiu a sua fábrica portuguesa em Palmela.
Álvaro Beijinha, Presidente da Câmara Municipal de Santiago do Cacém
Com instalações em todo o país, o Grupo Carmona marca também presença no mercado internacional
Vítor Proença, Presidente da Câmara Municipal de Alcácer do sal
A Dagol, representante de materiais de Construção e Artigos de Decoração, é uma das principais distribuidoras na Península Ibérica

Comentários