Fundação COI Inaugura clínica social

63
visualizações

Espaço no centro da vila foi recuperado com investimento de 3,5 milhões de euros

 

- Pub -

 

A Fundação COI inaugurou, ontem de manhã, a nova clínica social, que disponibilizará mais de três dezenas de serviços de saúde, à população do concelho, onde se destacam as vertentes de cardiologia, medicina dentária, ortopedia, pediatria, psiquiatria, fisioterapia, terapia da fala, análises clinicas, medicina desportiva, entre outras. Os utentes passam também a ter acesso a medicamentos que não necessitem de receita médica, resultando numa vantagem pois “não há farmácias nas proximidades”, explicam os dirigentes da fundação.

Carlos Taleço, presidente da fundação destaca a “disponibilização do serviço da prova de esforço, em que os utentes passam a evitar a deslocação a Setúbal”, anunciando que “o principal projecto para o próximo ano será a criação de uma unidade de cuidados continuados” e acrescenta que “haverá também uma expansão de serviços a nível da medicina dentária mais especializada e com técnicas mais avançadas”.

O responsável da fundação lamentou “a ausência dos autarcas da Câmara e da Junta de Freguesia, o que demonstra a falta de respeito pela maior instituição social do concelho, criadora de emprego e com ofertas sociais para milhares de pessoas”.

A nova clínica envolveu um investimento de cerca de três milhões e meio de euros, porque “o interior das instalações teve que ser alvo de profundas alterações, pois até chovia aqui dentro”, afirma Carlos Taleço, acrescentando que “queremos dar todas as condições de qualidade aos utentes”.

A Fundação COI continua a lutar pela abertura de uma farmácia para “continuar a crescer, porque quem não o faz é porque morreu” e “estas coisas fazem-se caminhando”, conclui.

 

Por Fátima Brinca

Comentários

- Pub -