«Antes de sonharmos com o Jamor temos de eliminar o Penafiel»

26
visualizações

Zequinha garante que equipa vai “dar tudo para seguir em frente” e alerta para dificuldades no jogo de domingo da Taça de Portugal

 

- Pub -

Depois de afastar o Armacenenses na ronda anterior da Taça de Portugal, o Vitória FC defronta domingo, a partir das 15 horas, o Penafiel em partida da 4.ª eliminatória da prova. Apesar de o conjunto duriense competir num escalão inferior, o avançado Zequinha antevê um jogo complicado na casa do actual sétimo classificado da II Liga.

“Sabemos que não vai ser um jogo fácil. O Penafiel é uma das boas equipas da II Liga, com um passado histórico no futebol português e que tem feito bons resultados em casa. É um jogo de Taça e para eles será, certamente um jogo que pode valer uma época. Estamos à espera de dificuldades, mas estamos a trabalhar no sentido de as superar e seguir em frente nesta competição onde queremos ter uma palavra a dizer”, disse o atacante.

O palmarés do emblema setubalense na prova rainha renova todos os anos a esperança dos adeptos em regressar ao Estádio Nacional. Zequinha reconhece que este ano não é excepção. “O Vitória é um clube com muita tradição nesta competição. Esteve em dez finais, venceu três e os nossos adeptos têm a esperança de voltar ao Jamor novamente”.

O jogador, de 31 anos de idade, deixa uma promessa aos vitorianos que anseiam pela 11.ª presença na final da Taça de Portugal. “Aquilo que nós, jogadores, lhes podemos prometer é que vamos dar tudo para seguir em frente. Mas antes de sonharmos com o Jamor temos de pensar em eliminar o Penafiel”, alerta, lançando um repto aos adeptos. “Vai ser importante contar com apoio da nossa massa adepta”.

Quanto à possibilidade de ser titular no domingo, Zequinha salienta que o mais importante é trabalhar ao máximo para dificultar a escolha de Lito Vidigal. “Temos um plantel muito forte e para o treinador não há titulares nem suplentes. Temos de ser nós, os jogadores, a ajudá-lo a fazer as escolhas. A nós compete-nos trabalhar para quando formos chamados podermos dar o nosso melhor. É isso que tento fazer todos os dias, respeitando as decisões do mister. Trabalho para estar à altura sempre que for chamado”.

“Orgulhoso” por receber emblema de prata

Na terça-feira à noite, na gala do 108.º aniversário do clube, o avançado, natural de Setúbal, recebeu o emblema de prata referente aos 25 anos de sócio que leva de filiação ao emblema sadino. Zequinha revela que viveu no Fórum Municipal Luísa Todi um momento especial. “Foi para mim um enorme orgulho subir ao palco na Gala de aniversário para receber o meu emblema de 25 anos de sócio. Nunca escondi que o Vitória faz parte da minha família, é o clube do meu coração e agora ainda mais orgulhoso fico de dizer que sou vitoriano e poder ostentar o emblema de prata. Foi um dia muito feliz, para mim e para a minha família”.

Internacionais às ordens de Lito Vidigal

O guarda-redes Joel Pereira (sub-21 de Portugal), o médio Mikel Agu (Nigéria) e Mendy (Guiné-Bissau) já regressaram das respectivas selecções e estão, caso o treinador o entenda, aptos a dar o contributo à equipa em Penafiel. Quem ainda não vai estar às ordens de Lito Vidigal são os lesionados André Sousa, André Pedrosa e Berto. Refira-se que o médio André Pedrosa começou ontem a trabalhar sem limitações depois de recuperar lesão muscular, enquanto o avançado Berto continuou a fazer ginásio e treino específico.

Juniores do Vitória e Benfica jogam hoje na Várzea

Em partida antecipada da 13.ª jornada do campeonato nacional de juniores, zona Sul, o Vitória defronta hoje, pelas 15 horas, o Benfica no campo municipal da Várzea, em Setúbal. A jogar em casa, os comandados de Bruno Ribeiro, que ocupam a penúltima posição da prova (10 pontos), vão tentar surpreende o favorito Benfica, actual líder da competição com 34 pontos (11 triunfos e um empate em 12 partidas).

Comentários

- Pub -