Lotação esgotada no Fórum Luísa Todi para cantar parabéns ao Vitória

36
visualizações

Cerca de 600 pessoas vão estar amanhã no Fórum Municipal Luísa Todi, cuja lotação está esgotada desde sábado, para cantar os parabéns ao Vitória Futebol Clube, que celebra o seu 108.º aniversário. O emblema setubalense vai homenagear atletas, treinadores e dirigentes que se distinguiram ao longo do último ano nas várias modalidades que compõem o clube. Com o objectivo de surpreender os premiados, o Vitória não revelou os nomes que vão ser alvo de homenagem.

- Pub -

Ao contrário dos últimos anos, em que o Pavilhão Antoine Velge foi o palco principal da festa, o Fórum Municipal Luísa Todi vai acolher o evento que reunirá a família vitoriana. A mudança de local tem como objectivo, explicou o presidente Vítor Hugo Valente, “conferir solenidade e dignidade ao momento mais importante de um sócio”.

Durante gala de amanhã serão entregues 177 emblemas aos associados (ou herdeiros) com 75, 50 e 25 anos de filiação. Os nomes de todos os sócios que recebem, respectivamente, os emblemas de diamante, ouro e prata podem já hoje ser conhecidos no suplemento que acompanha a presente edição de ‘O Setubalense – Diário da Região’.

Além de vários representantes da sociedade civil e desportiva da região, estão já confirmados na festa, entre outros, os nomes de Maria das Dores Meira, presidente da Câmara Municipal de Setúbal, e D. José Ornelas de Carvalho, Bispo da Diocese de Setúbal.

Recorde-se que o presidente dos vitorianos, Vítor Hugo Valente, anunciou que este ano o clube quer estreitar a sua vertente social com a cidade, razão pela qual parte da receita do espectáculo será entregue à Casa do Gaiato de Setúbal. “Queremos vincar a vertente social do Vitória na cidade. Por essa razão, parte, da receita desse espetáculo, será entregue a uma instituição de solidariedade social, que neste caso será a Casa do Gaiato de Setúbal”.

Clemente actua na festa

 

A animação musical da noite estará a cargo da Orquestra Bohemia, da Sociedade Filarmónica Providência (Vila Fresca de Azeitão) e da Academia de Música e Belas Artes Luísa Todi. Além destes grupos, Clemente, Piedade Fernandes e Margarida Piedade também vão subir ao palco para actuar no palco do Fórum Municipal.

Este ano, conforme foi explicada na passada semana pelo presidente Vítor Hugo Valente, o clube decidiu inovar a festa. “Nesse sentido decidimos realizar um momento na vida do clube com outras características, assente num espectáculo multimédia, que vai ter algumas surpresas”.

Dias antes do início das celebrações, já a Câmara Municipal de Setúbal tinha apresentado, em reunião pública, uma saudação pela passagem de mais um aniversário do Vitória onde “é reafirmado o empenho no apoio à centenária instituição setubalense no contexto das capacidades e responsabilidades municipais, um apoio que, sublinha o documento, tem “sido uma constante ao longo dos vários exercícios autárquicos no concelho”.

A saudação, acrescenta, “simboliza todo o sentimento de admiração que a cidade, a região e muitos pelo mundo fora nutrem pelo que é um dos maiores clubes nacionais”, pelo que “saudar Vitória pelos seus 108 anos é também homenagear Setúbal e todos os que, sócios ou não, se alegram e entristecem com o seu clube do coração”.

O mesmo documento destaca que a Câmara Municipal de Setúbal é “uma das maiores apoiantes do Vitória e continuará a sê-lo, pois o Vitória, com todos os seus pergaminhos, será sempre o clube que mais longe leva o nome da nossa terra”. Por esse motivo, a autarquia reafirma o “compromisso de caminhar ao lado do clube, respeitando, como não podia deixar de ser, a sua identidade e autonomia”, sendo “em qualquer circunstância, uma parceira disponível para apoiar o Vitória a encontrar as melhores soluções que garantam a sua continuidade como grande clube”.

Comentários

- Pub -