Pinhalnovense recebe Olímpico do Montijo no campo Santos Jorge

24
visualizações

O campo Santos Jorge, no Pinhal Novo, vai ser palco, no próximo domingo, de um jogo que está a despertar grande interesse entre os adeptos das duas equipas por se tratar de dois emblemas da região.

 

- Pub -

Não será propriamente um dérbi, mas quase, devido à localização geográfica dos clubes, que são de concelhos diferentes mas vizinhos, facto que leva à existência de alguma rivalidade e faz crescer a emoção.

O encontro surge depois de uma jornada em que nenhum deles jogou, devido ao mau tempo que levou ao adiamento dos jogos em ambos deviam participar, o Olímpico do Montijo com o Real Sport Clube e o Pinhalnovense com o Oriental. E, numa altura em que a equipa do Montijo se encontra melhor em termos classificativos.

Nestes encontros por vezes isso pouco conta devido à envolvência de tudo o que gira à volta dele, desde a presença de uma grande falange de apoio dos adeptos à motivação extra dos jogadores que, quer se queira, ou não, é sempre mais elevada.

Sete pontos separam as duas equipas na tabela classificativa com vantagem para o Olímpico do Montijo que está em terceiro lugar com 21 pontos contra 14 do Pinhalnovense, que segue na 11.ª posição. Mas, isso muito provavelmente não se irá reflectir em campo devido ao equilíbrio de valores existente entre as duas formações embora nos pareça que a equipa de Pinhal Novo se possa apresentar mais serena que o Olímpico, que continua a ver sair jogadores.

Resta acrescentar que o Pinhalnovense nos seis jogos que efectuou em casa obteve três vitórias, sendo duas deles obtidas nos dois últimos, com o Real e Praiense, um empate e duas derrotas (com Casa Pia e Amora). E o Olímpico do Montijo na condição de visitante leva também um interessante registo de três vitórias e duas derrotas, curiosamente sofridas também com o Casa Pia e Amora.

Por tudo aquilo que se disse, se fizesse parte do totobola, em nossa opinião, seria jogo para tripla.

 

Amora quer regressar às vitórias

O Amora, que está a passar por uma fase menos boa, com duas derrotas e um empate nos últimos três jogos, recebe o Oriental, no Estádio da Medideira, onde normalmente se apresenta muito forte.

Depois do deslize no último jogo ali realizado, que terminou empatado a três bolas, os amorenses vão querer certamente retomar o caminho das vitórias para dar sequência às quatro que já obtiveram no seu reduto.

A tarefa não se apresenta fácil devido à qualidade do adversário que se encontra em igualdade pontual com o Amora, apesar de ter menos um jogo realizado. E, também, pelo facto de estar moralizado com os últimos resultados obtidos, vitórias em casa com o Olhanense e fora com o Moura.

O efeito psicológico, que terá sido trabalhado durante a semana pela equipa técnica, revela-se extremamente importante para que a equipa possa entrar em campo sem pressão que torna sempre as coisas mais complicadas. Serenidade, confiança e sobretudo vontade de ganhar são factores essenciais para que a equipa volte a mostrar o seu valor. Agora importa saber se a estratégia trazida pela equipa de Marvila vai permitir que isso aconteça.

Comentários

- Pub -