VITÓRIA DE SETÚBAL: “Queremos vincar a vertente social do Vitória na cidade”

31
visualizações

A festa comemorativa do aniversário do Vitória Futebol Clube, que celebra na próxima terça-feira (20 de Novembro) 108 anos de existência, terá como palco o Fórum Municipal Luísa Todi e não, como nos últimos anos, o pavilhão Antoine Velge. O presidente do emblema sadino, Vítor Hugo Valente, anunciou que este ano o clube quer estreitar a sua vertente social com a cidade, razão pela qual parte da receita do espectáculo será entregue à Casa do Gaiato de Setúbal. Os bilhetes para a gala estarão à venda a partir de sexta-feira e têm um custo de cinco euros, apurou ‘O Setubalense – Diário da Região’.

- Pub -

“Este ano procurámos inovar e nesse sentido decidimos realizar um momento na vida do clube com outras características, assente num espetáculo multimédia, que vai ter algumas surpresas. Vamos homenagear atuais e antigos atletas do clube, que muito contribuíram para o engrandecimento desta instituição. Por outro lado, queremos também vincar a vertente social do Vitória na cidade. Por essa razão, parte, da receita desse espetáculo, será entregue a uma instituição de solidariedade social, que neste caso será a Casa do Gaiato de Setúbal”, revelou o dirigente.

 

O líder dos vitorianos deu ainda conta das razões que estiveram na origem da alteração do local das celebrações. “A Gala tem como propósito principal conferir solenidade e dignidade ao momento mais importante de um sócio. Enaltecer a relação de filiação com o clube, porque consideramos de extrema importância a antiguidade da filiação”, sublinhou em alusão ao facto de os associados com 25, 50 e 75 anos de filiação, bem como os atletas e dirigentes que se distinguiram na última temporada serem distinguidos no evento.

 

Jantar reunirá vitorianos no Natal

 

Vítor Hugo Valente revelou também que é propósito da direcção a que preside há quase 11 meses reunir a família vitoriana numa outra ocasião, logo depois da realização da Gala. “Porque o Natal é a época de reunir a família, já estamos a preparar um jantar de confraternização com os sócios nessa quadra e onde vamos solicitar a entrega de bens alimentares e brinquedos para oferecer a uma outra instituição de Solidariedade Social”, revelou.

 

Preparação do Tondela arrancou em Palmela

 

Após o triunfo de sexta-feira com o Feirense (2-1), o plantel vitoriano regressou ontem ao trabalho para dar início à preparação do duelo de domingo, 11:45 horas, frente ao Tondela, a contar para a segunda jornada do grupo B da Taça da Liga. O treinador Lito Vidigal orientou a sessão de trabalho no municipal de Palmela sem o guarda-redes Joel Pereira (Sub-21 de Portugal), o médio Mikel Agu (selecção A da Nigéria) e o avançado Mendy (Guiné-Bissau).

Além dos três atletas que estão ao serviço das respectivas selecções – todos eles foram titulares na partida do campeonato com o Feirense –, o timoneiro dos sadinos não pode ainda contar no domingo com os contributos dos lesionados André Sousa, André Pedrosa e Berto. Com o objectivo de continuar a poupar o relvado do Estádio do Bonfim, o plantel faz hoje a travessia do Rio Sado para treinar em Tróia, a partir das 10 horas.

 

Guarda-redes João Valido feliz pela chamada à Selecção de Sub-19: «É muito bom estar de volta»

 

João Valido, jovem guarda-redes do Vitória FC, integra a Selecção Nacional de Sub-19 que inicia hoje a sua participação no Torneio Preparatório da UEFA, em Erevan, na Arménia, que tem em vista a preparação para a Ronda de Elite – a derradeira fase de qualificação para o Euro 2019. A estreia de Portugal na competição, em que além do conjunto anfitrião também participam a Alemanha e Holanda, acontece hoje, 13 horas, diante dos germânicos.

Depois de uma lesão que o afastou dos relvados vários meses, o guardião, de 18 anos, confessa-se feliz por poder voltar a envergara a camisola das quinas. ““Este regresso à competição foi muito positivo. Depois de uma rotura de ligamentos que me deixou sem jogar durante sete meses é muito bom voltar à Selecção, algo que não acontecia desde o início de Março”, lembrou, fazendo uma confissão. “Não estava à espera desta chamada. É muito bom estar de volta. É para isto que trabalhamos todos os dias”.

Em declarações ao site da FPF, o setubalense João Valido, que esta época já alinhou pelas equipas de Sub-23 e juniores do Vitória, disse que a família e o facto de ter sido criado junto ao Estádio do Bonfim contribuíram para enveredar pela carreira futebolística. “O meu pai, o meu tio e o meu avô jogaram futebol. Apesar de não terem continuado até seniores sempre me incentivaram a jogar futebol. Moro perto do Estádio do Bonfim e sempre gostei de futebol”, referiu o dmirador confesso de Buffon e Cristiano Ronaldo.

Os Sub-19 de Portugal, treinados por Filipe Ramos, enfrentam, além da Alemanha, as congéneres da Arménia (sábado, 10 horas) e Holanda (terça-feira, 13 horas).

Comentários

- Pub -