GNR apanha mais de 90 quilos de sardinha no Porto de Setúbal

115
visualizações
O mestre da embarcação é de nacionalidade portuguesa, com 53 anos

A pesca da sardinha está suspensa para protecção da espécie mas há quem arrisque. A GNR apanhou uma embarcação no Porto de Setúbal com esta captura, num valor de calculado de 1 386 euros. O peixe foi doado a instituições de solidariedade social    

- Pub -

Uma embarcação foi apanhada com 92,400 quilos de sardinha, durante a manhã de ontem, no Porto de Setúbal. A apreensão feita pelo Subdestacamento Controlo Costeiro de Setúbal da GNR é justificada por estar proibida a pesca desta espécie desde 1 de Outubro, para preservação da mesma.

Segundo informação da GNR, disponibilizada na manhã desta quinta-feira, o pescado apreendido corresponde a um valor presumível de 1 386 euros, tendo sido elaborados os respectivos Autos de Contra-ordenação e identificado o mestre da embarcação, um individuo de nacionalidade portuguesa com 53 anos.

Quanto ao destino do pescado apreendido, foi doado a instituições de solidariedade social.

A acção da unidade de Controlo Costeiro da GNR tem por base o Despacho n.º 9193-B/2018, que estipula o período de proibição de pesca da sardinha, por ser esta espécie “um recurso de interesse estratégico para a pesca portuguesa, para a indústria conserveira e para as exportações de produtos da pesca e do mar assumindo uma particular relevância em termos socioeconómicos em várias comunidades piscatórias” cita comunicado da GNR.

Acrescenta esta força militar que “o recurso deve ser explorado de modo a garantir, no longo prazo, a sustentabilidade ambiental, económica e social da pescaria, dentro de uma abordagem de precaução, definida com base nos dados científicos disponíveis, procurando-se simultaneamente assegurar os rendimentos da pesca aos seus profissionais”.

Comentários

- Pub -