Campeonato de Portugal: Amora vai aos Açores, Pinhalnovense a Marvila e Olímpico joga no Montijo

16
visualizações

A 11.ª jornada do Campeonato de Portugal, que se realiza no dia 11 do 11.º mês do ano, não se prevê nada fácil para as equipas da região que vão defrontar adversários do topo da tabela classificativa

 

- Pub -

O Olímpico do Montijo, que assumiu a liderança da competição na última jornada, recebe no Campo da Liberdade o Real Sport Clube que se encontra em 5.º lugar, mas tem apenas menos três pontos. Os montijenses, que estão motivados com os últimos resultados obtidos e com a ascensão ao primeiro lugar da classificação geral, irão entrar em campo certamente com o pensamento na vitória para não perderem o estatuto de líder. Mas, como é natural, do outro lado vai estar um adversário que também vai fazer tudo para ganhar e assim melhorar a sua posição, em termos classificativos. Por esta razão prevê-se um encontro bastante competitivo de difícil prognóstico.

 

O treinador da equipa, David Martins tem a noção que o Olímpico vai “defrontar uma boa equipa que o ano passado estava num campeonato superior, numa realidade diferente, em que alguns dos jogadores permaneceram no plantel e sabemos que vem de uma vitória folgada que demostra bem o seu poder ofensivo. Mas nós a jogar em casa, perante o nosso público, depois de bons resultados conseguidos, vamos querer manter essa dinâmica e o mesmo espírito de conquista para que no final possamos sorrir”.

 

Pinhalnovense em Marvila

 

Difícil será também a deslocação do Pinhalnovense ao Campo Eng.º Carlos Salema, em Marvila, onde vai defrontar o Oriental que actualmente está em 3.º lugar a apenas um ponto do líder.

A equipa de Pinhal Novo que na jornada anterior, na estreia do seu novo treinador, derrotou o Praiense por 2-0, está a atravessar um bom momento e isso poderá ser determinante para que os jogadores se apresentem em campo com vontade de contrariarem o favoritismo do adversário que se apresenta muito forte no seu reduto, onde se encontra ainda invencível com quatro vitórias e um empate nos cinco jogos ali realizados.

É evidente que o Pinhalnovense também tem os seus argumentos e na condição de visitante já ganhou e empatou. Em suma, não vai ser fácil mas também não será impossível.

 

Amora de volta aos Açores

 

O Amora está de regresso aos Açores e, neste caso concreto, à Ilha Terceira, onde não foi feliz há duas semanas atrás. Os últimos resultados não têm sido famosos daí a necessidade de dar início à desejada recuperação. O Amora tem todas as condições e qualidade suficiente para ultrapassar a onda menos boa que está a atravessar e esta pode ser a altura certa, embora o adversário se apresente muito forte especialmente nos jogos em casa onde se encontra 100% vitorioso, com quatro vitórias nos quatro jogos realizados, 11 golos marcados e apenas um sofrido.

Concentração, rigor e disciplina táctica é aquilo que o Amora precisa de ter para poder regressar a casa com um resultado positivo.

Litos, no lançamento do jogo disse que “o Amora tem tudo para fazer um bom jogo, perante um adversário forte. Temos acima de tudo que trabalhar os níveis de concentração porque não podemos deitar pontos a perder”.

 

Comentários

- Pub -