Salão Nobre da Câmara recebe segunda conferência do ciclo de debates “Praça do Sapal”

28
visualizações

Amanhã, dia 9 de Novembro, o Salão Nobre da Câmara Municipal de Setúbal recebe, pelas 10h15, a conferência “As Metáforas do Mercado”, a segunda de um ciclo de debates criado pela UNISETI e intitulado “A Praça do Sapal”, actual Praça de Bocage 

 

- Pub -

“Este ciclo de debates começou em Outubro, com o tema ‘O Sentido da Existência’, e continua agora com ‘As Metáforas do Mercado – A Economia do Tardo-Capitalismo”, começa por dizer Arlindo Mota, presidente da Universidade Sénior de Setúbal – UNISETI, a O Setubalense/Diário da Região. “O objectivo destas conferências, deste conjunto de iniciativas realizadas em parceria com a autarquia, é abordar temas dos nossos dias e ajudar a reunir toda uma massa crítica em Setúbal de pessoas que se preocupem com os temas da actualidade e queiram fazer parte”, adianta.

 

A conferência “As Metáforas do Mercado – A Economia do Tardo-Capitalismo” é assim a segunda realizada pela instituição setubalense e conta com a presença de Ricardo Paes Mamede, professor no ISCTE e comentador televisivo, e de Sérgio Ribeiro, doutorado em Economia e ex-eurodeputado. A moderação estará a cargo de Miguel Tiago, que apesar de ter abandonado o seu lugar de deputado na Assembleia da República continua a apoiar o Comité Central do PCP na área financeira. “Escolhemos e convidamos sempre pessoas de Setúbal, que estejam ligadas à terra e conheçam a nossa realidade e os temas em causa”, explica o presidente da instituição que comemora os seus 15 anos com programa até ao dia 3 de Novembro do próximo ano e conta com 423 alunos e 57 professores em regime de voluntariado.

 

As comemorações começaram no dia 5 deste mês, segunda-feira, com uma homenagem ao professor Alberto Alves, que tem agora uma sala com o seu nome nas instalações da universidade. Seguiu-se a sessão de solene de aniversário, no dia 6, e o programa continua agora com esta segunda conferência do ciclo “A Praça do Sapal”, designação que decorre do nome pelo qual era conhecida antigamente a actual Praça de Bocage. “Voltamos em Fevereiro, com o tema ‘Comunicação e Pós-Verdade’, depois em Abril com ‘O Mundo é Feito de Mudança’ e está aberto o desafio e a possibilidade de continuar”, revela.

 

Inês Antunes Malta

Comentários

- Pub -