Vitória com melhor arranque na Liga dos últimos três anos

28
visualizações

Os três pontos conquistados na jornada anterior pelo Vitória FC no reduto do Tondela, graças ao triunfo por 1-2, permitiram à equipa de Lito Vidigal dar um salto na classificação e ascender ao sétimo lugar, com 11 pontos em oito jornadas disputadas. Para encontrar um desempenho tão positivo é preciso recuar três anos quando, em 2015/16, os sadinos estavam em período homólogo no mesmo sétimo posto e somavam 13 pontos (mais dois que agora).

- Pub -

Depois desse bom arranque da equipa então treinada por Quim Machado – com três vitórias, quatro empates e uma derrota –, os verdes e brancos estiveram nas duas épocas seguintes na segunda metade da tabela após oito partidas no campeonato. Em 2016/17 e 2017/17, com José Couceiro ao leme do grupo de trabalho, o Vitória era, respectivamente 11.º com nove pontos e 13.ª com sete.

No próximo domingo, a partir das 20 horas, em encontro referente à 9.ª jornada, os sadinos, que vêm de dois triunfos consecutivos na Liga (3-0 ao Moreirense e 1-2 em Tondela), vão tentar dar razão ao ditado popular de “não há duas sem três”. Para confirmar o adágio, a equipa terá de ultrapassar o Sp. Braga, adversário que partilha a liderança da prova com o FC Porto.

Ausência certa na partida diante dos bracarenses será a do avançado Berto, que contraiu uma lesão no joelho esquerdo no treino da passada sexta-feira. Por apurar está ainda o período em que o jogador ficará fora das quatro linhas. O jogador foi ontem reavaliado pelo departamento médico do clube, mas, à hora do fecho da presente edição de O Setubalense – Diário da Região não era ainda conhecido o resultado da reavaliação.

Berto: “Voltarei mais forte”

Berto deixou anteontem uma mensagem no Instagram alusiva ao triunfo que a equipa obteve em Tondela, prometendo regressar com ânimo redobrado. “Voltarei mais forte. Grande vitória ontem [domingo] num jogo onde não pude ajudar a minha equipa, mas a vida é assim. Será mais uma batalha que vou ter que enfrentar com muita força de vontade e muita alegria. Quero agradecer à minha segunda família: Vitória Futebol Clube, principalmente aos meus colegas de equipa”, escreveu.

O avançado, que é com três golos apontados o melhor marcador dos vitorianos [fez um hat-trick na recepção ao Moreirense], não esqueceu a homenagem que os seus colegas lhe fizeram aquando dos golos marcados em Tondela. O facto de terem celebrado exibindo a sua camisola emocionaram-no, confessa. “Que linda dedicatória. Vieram-me lágrimas aos olhos.
Com força de todos vocês vou recuperar rápido e vamos voltar a lutar todos juntos dentro do campo como uma família”, assegurou.

Quem também vai seguramente falhar o confronto com o Braga é o defesa André Sousa, que se lesionou no joelho esquerdo durante o jogo de domingo em Tondela. Em dúvida para domingo estão também o guarda-redes Cristiano e os médios André Pedrosa e Rúben Micael, jogadores que, devido a mazelas musculares, já tinha ficado fora do encontro da ronda anterior.

Sub-23 perdem em Braga

A contar para a 12.ª jornada da Liga Revelação, a equipa de sub-23 do Vitória perdeu ontem em Fão diante do Sp. Braga, por 2-0. Após o triunfo alcançado do passado sábado com o Aves (1-0), os setubalenses não conseguiram evitar a sexta derrota da competição. Xavier, aos 24 e 61 minutos, fez os golos dos minhotos.

O treinador do Vitória, Chiquinho Conde, alinhou de início com o seguinte onze: João Valido, Pedro Santos, Baba Fernandes, Pedro Pinto, Rui Modesto, Tomás Azevedo, Diogo Lobo, Amâncio, Léo Chão, Sylla e Allef. No início do encontro sentaram-se no banco de suplentes Miguel Lázaro, Bernardo, Sávio, João Tomaz, Salas, Brian, Kevin, Rodrigo e Dani.

 

Comentários

- Pub -