Cristiano Ronaldo festeja golo do Vitória com champanhe

32
visualizações

José Semedo, autor do golo do Vitória FC que abriu caminho ao triunfo (1-2) em Tondela, celebrou o seu primeiro tento com a camisola sadina da mesma forma que o faz o seu amigo de infância Cristiano Ronaldo, jogador da Juventus. Pela amizade que os une, CR7 acompanha de forma atenta os desempenhos do amigo no Vitória a quem ligou durante a viagem de regresso a Setúbal para o felicitar e brindar com uma taça de champanhe.

- Pub -

A revelação foi ontem feita pelo próprio José Semedo, de 33 anos de idade, ao site oficial dos vitorianos. “Estava com a noiva dele em Milão num hotel e ligou-me para me dar os parabéns. Fez questão de festejar com uma taça de champanhe. Fique muito feliz por se ter lembrado de mim. É um homem com um coração de ouro”, disse o jogador que se estreou a marcar pelos vitoriamos.

José Semedo, cujo último golo apontado em jogos oficiais, data da época 2011/2012 ao serviço dos ingleses do Sheffield Wednesday, explicou as razões que o levaram a imitar o amigo nos festejos do golo. “Quando recentemente viajei com o Ronaldo à China, a convite dele, falávamos de futebol e ele deu-me umas dicas sobre os movimentos que deveria fazer na área nos lances de bola parada de forma a poder ter mais hipóteses de marcar. Foi então quando lhe disse que no dia que marcasse iria festejar como ele. Rimos, estando eu longe de pensar que isso viria a acontecer”.

A cumprir a sua segunda época no clube da sua terra natal, o médio dos setubalenses confessou que quando fez o golo lembrou-se de imediato de Cristiano Ronaldo. “Na altura em que rematei para a baliza, fiquei logo com a convicção que a bola ia entrar. Então lembrei-me do que o Cristiano me disse e decidi festejar como ele, porque sei que ele vê todos os jogos do Vitória. Foi uma homenagem e um gesto de agradecimento que lhe quis fazer”.

José Semedo não escondeu a felicidade por ter ajudado a equipa a vencer e de a mesma poder dedicar o triunfo a Berto, avançado que se lesionou antes do duelo em Tondela. “Em primeiro lugar fiquei feliz por ter ajudado a equipa a ganhar pela primeira vez fora de casa num campo extremamente difícil. Em segundo, porque queríamos muito dedicar esta vitória ao nosso colega Berto que se lesionou e não pode dar o seu contributo à equipa neste jogo”.

A finalizar, o médio não esqueceu o apoio dos adeptos em Tondela, fazendo questão de lhes deixar uma palavra de agradecimento. “Foram fantásticos. Nós jogadores, sentimos que estamos a acordar um gigante adormecido e temos uns adeptos maravilhosos que merecem que deixemos o nosso sangue em campo”.

Arranca preparação para Braga

Entretanto, no próximo domingo, 20 horas, em encontro referente à 9.ª jornada, os sadinos, que vêm de dois triunfos consecutivos na Liga (3-0 ao Moreirense e 1-2 em Tondela), vão tentar dar razão ao ditado popular de “não há duas sem três”. Para confirmar o adágio, a equipa terá de ultrapassar o Sp. Braga, adversário que partilha a liderança da prova com o FC Porto. Após a folga de ontem, a equipa começa hoje de tarde a preparar o duelo em Braga.

Frente aos minhotos, Lito Vidigal tem baixas de peso no plantel. O defesa André Sousa, que se lesionou no decorrer do jogo em Tondela, e o avançado Berto, que contraiu uma lesão no joelho esquerdo no treino de sexta-feira, falham a visita à cidade do arcebispos. Segundo informações transmitidas pelo clube, ambos os atletas serão sujeitos a reavaliações diárias para verificar a evolução das respectivas mazelas.

Logo após o final do jogo com os beirões, Lito Vidigal lamentou o infortúnio dos seus jogadores. “São dois miúdos que eu preconizo um futuro risonho, qualquer um dos dois é um jogador fantástico, com 20 anos, uma margem de progressão muito grande ainda. O Berto é uma pena, porque estava a fazer uma época fantástica, eu ia falando com ele e acho que ele ia ser o jogador revelação esta época, um jogador com potencial fantástico”.

Tal como já fez várias vezes esta época, o timoneiro dos sadinos voltou a elogiar o comportamento da sua equipa após o êxito com os beirões. “Fizemos um jogo fantástico, os jogadores foram maravilhosos. Iniciámos um jogo assumindo a partida com qualidade até fazermos o primeiro golo, nós é que mandámos sempre no jogo”, considerou, acrescentando que a equipa “teve a postura necessária para ganhar”.

Sócios votam orçamento em Novembro

Depois de os sócios do Vitória terem aprovado na passada quinta-feira os relatórios e contas referentes aos exercícios de 2015, 2016 e 2017, em Assembleia Geral realizada na noite desta quinta-feira no pavilhão Antoine Velge, o clube prepara-se para anunciar a data da realização de nova AG para apresentação, discussão e votação do orçamento para 2018, sendo certo que a mesma terá lugar no final do mês de Novembro.

Recorde-se que no que respeita a contas, o primeiro relatório, relativo a 2015, que aumentou o passivo do clube em 252 mil euros, para um total de 16,54 milhões de euros, foi aprovado com 81 votos a favor, 60 abstenções e 25 contra. O de 2016, recebeu 75 votos a favor, 74 abstenções e 19 contra, enquanto o de 2017, também recebeu aval positivo com 69 a favor, 75 abstenções e 22 contra.

 

Comentários

- Pub -