ALCOCHETE | Maioria do executivo realça um ano de trabalho muito positivo

95
visualizações

No balanço ao primeiro ano de mandato, o presidente da Câmara destaca a instalação de unidade móvel de Saúde no Passil, as requalificações nos equipamentos desportivos e o investimento na Educação

- Pub -

Fernando Pinto, presidente da Câmara Municipal de Alcochete, faz um balanço “bastante positivo” ao primeiro ano de mandato, salientando o trabalho que tem vindo a ser desenvolvido com “determinação, rigor e transparência”, ao mesmo tempo que enumera algumas das principais medidas tomadas neste período.

“A assinatura do protocolo para a instalação de uma unidade móvel de Saúde no Passil que estava privada de médico” foi uma medida considerada “fundamental”, até porque permitiu “dotar o Passil de um médico e respectivo enfermeiro”, disse o autarca socialista.

“Requalificámos a Escola Básica, o Parque Infantil e o recinto desportivo do Passil. Estamos a colocar um relvado sintético no Campo de Futebol da Quinta da Praia no Samouco, uma promessa cumprida que se iniciou agora. Estamos também a proceder à requalificação do Pavilhão Municipal do Samouco. Estamos a dotar a freguesia de um conjunto de infra-estruturas devidamente recuperadas e preparadas para enfrentar os desafios que o futuro nos coloca no plano desportivo”, frisa Fernando Pinto, destacando também obras realizadas na freguesia de São Francisco.

“Requalificámos a Rua da Pacheca, obra há muito reclamada pelos seus moradores e dotámos ainda a freguesia de meios para que o espaço público se possa tornar um exemplo para todo o concelho.”

Em Alcochete, acrescenta o edil, foram ampliadas “as instalações da Escola da Restauração” e criado “um espaço com melhores condições para a comunidade escolar” exercer funções. “O entusiasmo gerado na recepção a todos os que na escola trabalham e que contou com a presença do secretário de Estado da Educação, João Costa, foi disso prova”, realça.

O autarca destaca igualmente a candidatura para “Construção do Centro de Recolha Oficial de Animais de Companhia (CRO) do Município de Alcochete”, as várias “acções realizadas no Mercado Municipal”, o protocolo com a ACISTDS “para valorização do comércio local” e a disponibilização de “um lanche gratuito por dia a todos os alunos do ensino pré-escolar e do 1.º Ciclo, abrangidos pelos Escalões A e B”. A recente assinatura do protocolo “Saúde Oral para Todos”, que permitirá a todos o acesso a cuidados de saúde oral no Centro de Saúde de Alcochete, num processo em que a autarquia investe 20 mil euros, é outra das decisões realçadas, tal como “as obras de pavimentação do cemitério e a construção de 60 ossários”. A concluir, o presidente da Câmara afirma: “Alcochete está hoje melhor do que estava ontem”.

Vasco Pinto fala em ano de muito trabalho

Avaliação igualmente positiva faz Vasco Pinto, vereador eleito pela coligação CDS-PP/PSD, a quem a maioria socialista atribuiu vários pelouros (Cultura, Identidade Local e Turismo; Sector de Modernização, Gestão de Sistemas e Tecnologias; Sector Energético e Iluminação; e Sector de Saúde Pública).

“Faço um balanço positivo, um ano de muito trabalho na valorização do património material e imaterial do concelho. Além do total desgaste dos meios operacionais, encontrámos uma realidade complexa no que respeita às condições dos equipamentos municipais”, afirma o autarca do CDS-PP. “Apostámos na requalificação dos equipamentos e em dotá-los de melhores condições e comodidades para os utilizadores e profissionais do município. Destaco as candidaturas aprovadas para requalificação da Igreja da Misericórdia – Núcleo de Arte Sacra, e para modernização do Mercado Municipal de Alcochete. Aguardamos aprovação da candidatura para um Centro de Recolha Oficial de Animais de Companhia.”

Quanto às novas tecnologias e acesso à informação, Vasco Pinto revela que em breve o município terá “uma aplicação que permitirá (a munícipes e visitantes) aceder a conteúdos de informação e a informações úteis”. E acrescenta que irá ser instalado “Wi-Fi gratuito, com cinco pontos de acesso em Alcochete”.

O SETUBALENSE – DIÁRIO DA REGIÃO questionou igualmente, através de e-mail, o vereador da CDU, José Luís Alfélua, mas não obteve qualquer resposta.

Comentários

- Pub -