Herman José, Joaquim Gomes e Carlos Curto entre os distinguidos com a medalha da cidade

191
visualizações

Distinções vão ser entregues no Dia do Bocage, a 15 de Setembro. No total são 27 medalhas e incluem a Pastelaria ‘Cego’, de Azeitão, ou Henrique Soares da CVRPS.

Henrique Soares
- Pub -

A Medalha de Honra da Cidade de Setúbal vai ser atribuída, este ano, a um total de 27 pessoas, incluindo individuais e colectivas, entre as quais os artistas Herman José, Carlos Curto, o ex-ciclista Joaquim Gomes e a Pastelaria ‘Cego’, de Vila Nogueira de Azeitão.

As medalhas honorificas da cidade, com que o município distingue cidadãos e instituições pela “actividade desenvolvida de forma particularmente notória”, são atribuídas no dia 15 de Setembro, Dia do Bocage.

A lista de homenageados foi aprovada na ultima reunião de câmara, tendo a maioria dos nomes obtido unanimidade dos votos dos 11 vereadores.

Carlos Curto

Na classe Cultura foram aprovados os nomes de Carlos Curto (11 votos a favor), encenador que começou no Teatro de Animação de Setúbal (TAS) e que dirigiu já mais de 60 produções; Virgilio Domingos (11 votos), escultor, co-autor do monumento da Praça de Portugal; Manuel Marques (11 votos), actor; Herman José (10 votos e um branco), humorista; a AMEC – Associação Musica, Educação e Cultura (11 votos), que gere três orquestras e três estabelecimentos de ensino, e que, segundo a autarquia, “mudou a face da musica no concelho”; o grupo de voluntários do projecto ‘Memórias – Museu do Trabalho’ (11 votos), que inclui José Pedrosa, a titulo póstumo, Raul Gomes, Rogério Carvalho e Alberto Sousa Pereira; Oliveiros Rosário (10 votos, 1 branco), ensaiador das marchas populares da Cooperativa Bem-Vinda a Liberdade, do Faralhão.

Joaquim Gomes

Na classe Associativismo e Sindicalismo, foi aprovada, com 11 votos, a atribuição de medalha, a titulo póstumo, a Mário Pereira, fundador e primeiro presidente da ACM Setúbal, a que dedicou boa parte da vida.

Na classe ciência e tecnologia, o nome de Luís Machado Luciano, médico-cirurgião que foi presidente da Liga dos Amigos de Setúbal e Azeitão (LASA), recebeu 9 votos favoráveis, um branco e um nulo.

No Desporto, as medalhas vão ser atribuídas ao Núcleo de Árbitros de Futebol da Cidade de Setúbal (10 votos, 1 contra), que integra nomes de grande prestigio como ex-árbitro internacional João Ferreira; Carlos Martinho (11 votos), enfermeiro da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) que tem tratado as selecções nacionais; e Joaquim Gomes (11 votos), conhecido ex-ciclista responsável pela crescente ligação da Volta a Portugal a Setúbal.

Na classe Comércio, a Câmara decidiu distinguir a Pastelaria ‘Cego’ de Azeitão (10 votos, 1 nulo), famosa pelas Tortas de Azeitão e “provavelmente a mais histórica pastelaria de Azeitão”; e o Mercado Cardoso (11 votos), estabelecimento também de Azeitão, fundado em 1900.

Na classe Paz e Liberdade, os nomes aprovados são o MDM – Movimento Democrático de Mulheres (11 votos), que completa 50 anos de existência; Maria Arminda Pereira (10 votos,1 branco), primeira mulher enfermeira paraquedista portuguesa; José Manuel Carvalho da Silva (8 votos, 2 contra,1 nulo), antigo presidente da Junta de Freguesia da Anunciada; José Récio (7 votos, 2 contra, 1 nulo), empresário do grupo Tecnocarro, empenhado no desenvolvimento social de Angola; e Benjamim Leitão Carvalho (11 votos), a titulo póstumo, antigo sindicalista e dirigente socialista.

Na Indústria, vai ser homenageado José Rodrigues (11 votos), administrador da nova Lisnave que nasceu na antiga Setenave.

No Turismo, os medalhados são António Maria Saramago (11 votos), enólogo que conquistou o estatuto de “referencia na região”; Henrique Soares (11 votos), presidente da Comissão Vitivinícola da Península de Setúbal (CVRPS); Vertigem Azul (11 votos), empresa pioneira na observação de golfinhos no Sado que comemora 20 anos; e João Maria Barbas de Oliveira (11 votos), presidente da Associação Portuguesa de Património Marinho.

Comentários

- Pub -