Colocação de pão e bolos no lixo pelo ALDI da Aroeira gera indignação

0
283
visualizações

ALDI Portugal promete averiguar o caso e informa que este supermercado até tem uma parceria, para doação de alimentos, com a CURPIC – Comissão Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos da Charneca

- Pub -

A colocação de alimentos não vendidos no lixo, por parte do supermercado ALDI da Aroeira, na Freguesia da Charneca da Caparica, concelho de Almada, gerou indignação, com milhares de partilhas, comentários e reacções nas redes sociais.

A denuncia foi feita por um particular, com uma publicação no Facebook, dia 27, onde mostrava fotografias dos bens jogados fora em sacos de plástico e informava que testemunhou que, um funcionário do supermercado estava a deitar para o lixo “quilos” de pão e bolos e que “davam para alimentar muita gente”.

Questionada pelo DIÁRIO DA REGIÃO, a ALDI Portugal Supermercados, Lda, proprietária da rede de supermercados desta marca, garante que vai esclarecer o que sucedeu e garante que a empresa tenta evitar o desperdício alimentar.

Muito lamentamos o sucedido. Não nos é possível perceber como tal situação aconteceu. No entanto, asseguramos que, após o vosso contacto, começámos de imediato com esclarecimento total dos factos. Trata-se de um caso excecional que não corresponde à nossa política empresarial e aos nossos processos internos que são válidos para todas as lojas ALDI e todos os colaboradores da ALDI Portugal.”, refere a empresa, em nota enviada esta quinta-feira (02).

Apesar de um planeamento cuidadoso dos nossos fornecimentos, nem sempre conseguimos vender a totalidade dos nossos artigos e somos forçados a retirar de venda os produtos aptos para consumo que já não preenchem os nossos requisitos de qualidade e frescura. Em todo o grupo empresarial ALDI Nord são doados muitos bens alimentares que já não são vendáveis, mas podem ainda ser consumidos, bem como outros artigos não alimentares.”, referem.

Sobre o caso concreto, a ALDI Portugal, explica que “no âmbito do combate ao desperdício alimentar” e das “doações alimentares”, na loja ALDI da Aroeira, tem uma parceria com uma instituição de solidariedade social, a CURPIC – Comissão Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos da Charneca. Com esta IPSS “estamos a iniciar a nossa parceria fazendo doações alimentares, diariamente”, especifica a empresa.

A ALDI Portugal diz ainda não “compreender o sucedido”, até porque “quer dar o seu contributo para reduzir o desperdício alimentar e poupar recursos naturais” e “sensibilizar os clientes para uma forma responsável de lidar com bens alimentares”.

Comentários

- Pub -