Intervenções na praia de Sesimbra rondaram os 140 mil euros

0
75
visualizações

As tempestades e as fortes marés que assolaram a frente marítima de Sesimbra, no último Inverno, causaram diversos estragos ao longo de toda a marginal, motivo que levou a autarquia a preparar um conjunto de intervenções neste local, num investimento global de 140 mil euros.

- Pub -

A Câmara de Sesimbra recebeu uma comparticipação de 85 mil euros para fazer face a estes estragos, no entanto, como o investimento foi superior, a diferença foi suportada pelo orçamento municipal.

Na altura, o muro da praia ficou danificado em vários troços, as rampas de acesso foram destruídas e muitas das infra-estruturas de apoio, como os passadiços e a Biblioteca de Praia da Califórnia, ficaram bastante destruídas.

Após estes acontecimentos, o presidente da Câmara Municipal, acompanhado por vereadores e técnicos da autarquia, representantes da Agência Portuguesa do Ambiente, Autoridade Marítima Nacional e Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, fez uma visita aos locais afectados para avaliar os estragos e preparar um conjunto de intervenções necessárias à segurança dos cidadãos e garantir o funcionamento da época balnear.

Apesar de serem intervenções complexas, que exigiram recurso a maquinaria pesada, e obrigaram à construção de um novo passadiço e à instalação de um novo quiosque para a Biblioteca de Praia da Califórnia, as obras ficaram praticamente todas concluídas antes de Julho, altura em que as praias recebem um número maior de visitantes.

A Câmara de Sesimbra recebeu uma comparticipação de 85 mil euros para fazer face a estes estragos, no entanto, como o investimento foi superior, a diferença foi suportada pelo orçamento municipal.

Na altura, o muro da praia ficou danificado em vários troços, as rampas de acesso foram destruídas e muitas das infra-estruturas de apoio, como os passadiços e a Biblioteca de Praia da Califórnia, ficaram bastante destruídas.

Após estes acontecimentos, o presidente da Câmara Municipal, acompanhado por vereadores e técnicos da autarquia, representantes da Agência Portuguesa do Ambiente, Autoridade Marítima Nacional e Administração dos Portos de Setúbal e Sesimbra, fez uma visita aos locais afectados para avaliar os estragos e preparar um conjunto de intervenções necessárias à segurança dos cidadãos e garantir o funcionamento da época balnear.

Apesar de serem intervenções complexas, que exigiram recurso a maquinaria pesada, e obrigaram à construção de um novo passadiço e à instalação de um novo quiosque para a Biblioteca de Praia da Califórnia, as obras ficaram praticamente todas concluídas antes de Julho, altura em que as praias recebem um número maior de visitantes.

- Pub -

Queremos a sua opinião!