Performance musical “Reunion XXI” hoje na Baía do Tejo

0
47
visualizações

O artista, compositor e investigador Jonas Runa desafiou José Pacheco Pereira, curador da exposição “O que faz falta é agitar a malta”, do espaço Ephemera, para participar hoje na performance musical “Reunion XXI”, no Parque Empresarial Baía do Tejo.

- Pub -

“Jonas Runas vs José Pacheco Pereira” serve, desta forma, para apresentar duas novas obras sonoluminescentes do artista: Reunion XXI e Oumuamua. Sendo que, as duas instalações vão estar interconectadas e vão ser reactivas às acções dos participantes.

“A performance recorre a uma partida de xadrez sónica e luminosa, na qual as jogadas activam composições de som e luz. Assim, ao invés de uma experiência fechada e repetível, o resultado vive à mercê da incerteza, da forma aberta, da imaginação e do desconhecido”, explica a Baía do Tejo.

Este evento celebra os 50 anos de “Reunion”, uma performance colaborativa concebida por John Cage, que contou com a participação de Marcel Duchamp e Teeny Duchamp e com a música electrónica de David Behrman, Gordon Mumma, David Tudor e Lowell Cross, realizada a 5 de Março de 1968 no Ryerson Theatre, em Toronto, no Canadá.

A performance vai marcar o fim da exposição “O que faz falta é agitar a malta”, patente no Parque Empresarial Baía do Tejo, e anunciar a próxima exposição a decorrer na Associação Cultural Ephemera.

Comentários

- Pub -