Setúbal promove vinhos e gastronomia para reforçar turismo

134
visualizações
A presidente da Câmara de Setúbal visitou a feira no dia de abertura. (Fotografia: CMS)

Os vinhos e a gastronomia da região de Setúbal estiveram em destaque durante a segunda edição do Setúbal Wine & Flavours, que terminou domingo na Escola de Hotelaria e Turismo

 

- Pub -

Duas dezenas de produtores de vinho, uma marca setubalense de cerveja artesanal e outras tantas de produtos como queijos e enchidos estiveram presentes na segunda edição do Setúbal Wine & Flavours, organizado pela Câmara Municipal de Setúbal, na Escola de Hotelaria e Turismo, entre sexta-feira e domingo.

O Setúbal Wine & Flavours representa um “investimento” municipal feito “para que os produtores tenham a projecção que têm de ter” e tem dado “retorno positivo” aos produtores vinícolas e entidades participantes desde o ano passado, segundo a presidente Maria das Dores Meira, que visitou a feira no dia da inauguração.

Para a autarca esta é uma “oportunidade de dizer que existe esta qualidade de vinhos na região de Setúbal”, quando não há muitos anos se falava pouco dos vinhos da região. Hoje, há “produtores que têm vindo a melhorar cada vez mais a qualidade dos seus vinhos, dos moscatéis, dos tintos, dos brancos e dos rosés e dos champanhes, que começaram a aparecer. É muito gratificante”, considerou.

A Adega de Palmela, com 62 anos de história e países como o Brasil, China, Alemanha e França na sua lista de exportação, foi uma das empresas presentes na feira, que de resto ajudou também a promover programas e experiências enoturísticas que se podem fazer nas adegas e na região.

A cidade de Almendralejo esteve presente com o presunto ibérico. (Fotografia: CMS)

O município entende que através de eventos como o Setúbal Wine & Flavours a cidade se posiciona ainda mais no turismo, mas não só no enoturismo: o turismo religioso, cultural, de sol e praia e gastronómico são também aqueles em que Setúbal tem cartas a dar, lembrou Maria das Dores Meira.

A vertente gastronómica foi assegurada com produtos como queijos e enchidos, de marcas portuguesas mas também de Espanha, nomeadamente da cidade de Almendralejo, em virtude de um acordo de cooperação entre Setúbal e aquela cidade destinado ao desenvolvimento de acções conjuntas na área do turismo.

Em paralelo com os expositores, a feira promoveu também provas comentadas por enólogos e sommeliers – entre os quais Aníbal Coutinho e Rodolfo Tristão e a sommelier Piedad Fernàndez – e workshops, palestras e showcookings dados pelos chefs Domingos, Sandra Faia, Francis Javier Refolio e Cristina Sá.

Os espectáculos musicais da autoria do Coro Setúbal Voz, com “Canções dos Escanções” no primeiro dia, à noite, e de Marta Carrasqueira, com “Identidade”, no sábado, foram igualmente pontos altos na programação do Setúbal Wine & Flavours 2018.

No espaço da Escola de Hotelaria e Turismo funcionou ainda, pela primeira vez, uma área infantil com um atelier pedagógico e pintura, modelagem, jogos didácticos e livros infantis. O certame foi organizado pela autarquia e pela Associação Baía de Setúbal com apoio da escola do Turismo de Portugal e da Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal.

 

(Fotos: CMS)

Comentários

- Pub -