Associação Abrigo ofereceu baptismo de voo a dezenas de crianças

0
76
visualizações

Passeio em avião da Força Aérea sobrevoou Arrábida, Tróia e o Tejo. Para uma das meninas participantes foi “a melhor experiência” que já viveu

A Abrigo, Associação Portuguesa de Apoio à Criança, que tem sede no Montijo, ofereceu uma experiência de baptismo de voo a 20 famílias e 30 crianças e jovens, aproveitando as comemorações dos 66 anos da Base Aérea N.º 6, do Montijo.
As crianças e restantes passageiros voaram num avião  C-295M da Força Aérea Portuguesa (FAP), operado pelo piloto capitão Diogo Duarte, co-piloto tenente Gheorghe Mudric e por mais quatro militares, nomeadamente os operadores de cabine primeiros sargentos Hugo Coelho e Marco Aires e pelo segundo sargento Simão Reis.
O passeio, com a duração de cerca de 25 minutos, passou pela Serra da Arrábida, Tróia, Palmela, Costa, Rio Tejo, concelho Moita e concelho Montijo, oferecendo imagens aéreas que encantaram os participantes.
Tantos os miúdos como os graúdos adoraram a oportunidade, dizendo que fica gravada nas suas memórias positivas e algumas pediram para repetir a experiência.
“Vou escrever esta viagem no meu diário, vai ser a primeira coisa que escrevo porque foi o melhor que me aconteceu até hoje! Foi a melhor experiência da minha vida!”,   disse uma menina de 10 anos, que nunca tinha andado de avião e que participou sem a família, acompanhada apenas pela equipa militar. Ao inicio sentiu-se indisposta mas no final estava maravilhada.
Para vários participantes foi a primeira vez que andaram de avião, para os outros foi também uma experiência nova porque andar num avião militar tem “mais adrenalina” do que viajar num avião civil.
- Pub -

Queremos saber a sua opinião.