Alentejo é região que mais cresce no turismo este ano

0
77
visualizações

Nos primeiros quatro meses de 2018, destino alentejano foi, segundo o INE, o que mais cresceu em todos os indicadores, com destaque para os proveitos que aumentaram 30%

 

- Pub -

O Alentejo é a região que está a crescer mais no sector do turismo em todo o país, registando as taxas de subida mais elevadas nos indicadores contabilizados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) nos primeiros quatro meses deste ano de 2018.

Resultados apregoados publicamente pelo presidente da Entidade Regional de Turismo do Alentejo e Ribatejo (ERTAR), Ceia da Silva, que, na abertura da PIMEL – Feira do Turismo e das Actividades Económicas de Alcácer do Sal, destacou sobretudo o aumento dos proveitos na actividade turística.

“Nos primeiros quatro meses do ano, o Alentejo foi a região que mais cresceu no turismo, em todos os indicadores – taxa ocupação/cama, etc – mas fundamentalmente nos indicadores mais importantes, como os proveitos, em que o crescimento foi acima dos 30%, quando no ano passado  já tínhamos crescido acima dos 20%”, disse António Ceia da Silva.

O presidente do Turismo do Alentejo salienta que estes resultados são “importantes não apenas para o sector mas para o crescimento económico da região”, até porque o turismo é já “um dos três sectores que mais contribui para o crescimento do rendimento per capita” no Alentejo.

Os resultados deste ano significam crescimento em cima de crescimento, tanto nos proveitos, que estão a subir 30% este ano depois de terem aumentado 20% em 2017.

Em 2016, últimos números fechados, indicam que o turismo gerou dividendos de 100 milhões de euros para o Alentejo.

Ceia da silva garante que a dinâmica não vai abrandar, e que a entidade de turismo tem em curso novos projectos, e deu o exemplo da estruturação dos Caminhos de Santiago a sul do Tejo, que é “um produto anti-sazonal”.

O Alentejo vai também ser a região-piloto para o auto-caravanismo em Portugal. A ERTAR acordou com a secretaria de Estado do Turismo financiamento e apoio para esse novo projecto que está na forja, anunciou ainda o responsável.

 

 

- Pub -

Queremos saber a sua opinião.