Adega de Palmela ganha bronze entre os melhores do mundo

0
49
visualizações

A Adega de Palmela voltou a sair premiada de um dos mais prestigiados concursos de vinhos do mundo ao conquistar, recentemente, a medalha de bronze no “Decanter World Wine Awards 2018” com o Moscatel 10 Anos.

- Pub -

Este néctar, explica a Adega de Palmela, “é obtido a partir da fermentação de uvas Moscatel, interrompida através da adição de aguardente vínica, maceração pelicular durante um período mínimo de cinco meses”. Neste lote, de Moscatel 10 Anos que saiu medalhado do certame, foram usadas “várias colheitas onde a mais recente tem pelo menos 10 anos”.

“O Moscatel ‘Superior’ envelheceu tranquilamente na cave da adega em barricas de carvalho usadas, próprias para o envelhecimento de aguardentes. Apresenta uma grande complexidade aromática evidenciando notas de frutos secos, nozes, figos e mel.”

O Decanter World Wine Awards, recorde-se, é das maiores e mais prestigiadas competições de vinhos do mundo, julgada pelos melhores especialistas em vinhos de todo o planeta. O concurso, de resto, recruta os principais influenciadores no mercado da Ásia para o painel de jurados e é a competição de vinhos mais confiável da Ásia.
Este ano, foram atribuídas 19 medalhas à Região da Península de Setúbal, com a Adega de Palmela a conquistar uma de bronze.

Ouro ao quadrado em terras italianas

O mesmo Moscatel de Setúbal 10 Anos saiu ainda premiado de outro prestigiado concurso internacional de vinhos. Foi em Itália, no certame La Selezione del Sindaco, que este néctar da Adega de Palmela conquistou uma medalha Grande Ouro. Porém, a participação da Adega de Palmela nesta competição não se resumiu a este prémio. Juntou igualmente a conquista de uma medalha de Ouro, com o vinho Adega de Palmela Moscatel 2015.

- Pub -

Queremos a sua opinião!