Taça do mundo de natação junta mais de 500 atletas no sábado

73
visualizações

Prova mundial de natação em águas abertas decorre este sábado, no Parque Urbano de Albarquel. Circuito reúne campeões olímpicos e mundiais, com destaque para os portugueses Angélica André, Rafael Gil, José Carvalho e Tiago Campos

 

- Pub -

A elite mundial de natação em águas abertas vai estar concentrada em Setúbal no próximo sábado, 9 de Junho, para a 12ª edição da FINA Marathon Swim World Series 2018 Setúbal, terceira etapa da taça do mundo. A mais importante competição portuguesa em águas abertas integra no seu programa o Open Challenge, prova aberta FINA Marathon Swimming World Series, com cerca de 500 nadadores inscritos.

Na prova organizada pela Federação Portuguesa de Natação, em parceria com a Câmara de Setúbal e que terá lugar no Parque Urbano de Albarquel vão marcar presença os holandeses Ferry Weertman e Sharon van Rouwendaal, campeões olímpicos do Rio de Janeiro, vencedores da primeira etapa da Taça do Mundo FINA/Hosa 2018, que decorreu em Doha (Quatar).

Na competição estarão também os italianos Simone Ruffini (campeão do circuito mundial 2017, 6º no Rio 2016), Mário Sanzullo, prata nos 5 km Mundial 2017 e Matteo Furlan, prata nos 25 km Mundial 2017, o húngaro Kristof Razovsky (vencedor da etapa de Setúbal 2017) e o alemão Rob Muffels, segundo em Setúbal 2017.

No sector feminino, o destaque vai para as italianas Rachelle Bruni (prata no Rio 2016 e vencedora em Setúbal 2017), e Arianna Bridi, bronze no Mundial 2017, a equatoriana Samantha Arevalo (vice-campeã mundial 2017), a brasileira Ana Marcela, campeã mundial dos 25 km e terceira nos 10 km em 2017, a chinesa Xim Xin, campeã em Setúbal 2016 e a norte americana Haley Anderson, prata nos Jogos de Londres 2012.

Portugal estará representado com os campeões nacionais 2018: Angélica André (Fluvial), campeã dos 5 e 10 km, Rafael Gil (Individual ANL), campeão dos 10 km, Tiago Campos (CN Rio Maior) campeão dos 5 km e vice-campeão dos 10 km, José Paula Carvalho (SFUAP- Piedense) vice-campeão nacional dos 5 km. A equipa nacional terá em Setúbal um momento de avaliação para o Europeu absoluto de Glasgow (Escócia), de 8 a 12 de Agosto e para Campeonato da Europa de Juniores Malta, de 13 a 15 de Julho.

Na conferência de imprensa de apresentação do evento, que se realizou esta quinta-feira, 7, no Hotel Novotel, Maria das Dores Meira, presidente da Câmara de Setúbal começou por saudar os atletas que vão estar a competir pela 12ª vez, considerando que “tem valido a pena o investimento e esforço para promover a modalidade, o nosso concelho e as suas potencialidades na área do desporto aquático”. A edil setubalense salientou ainda que “para além das comitivas oficiais muitos são os acompanhantes que aproveitam este período para visitar a nossa região, com visíveis retornos económicos para o sector turístico, valores que nos asseguram que estamos no caminho certo da promoção, valorização da nossa terra, gentes e tradições”.

António Silva, presidente da Federação Portuguesa de Natação salientou “a maior participação internacional nesta taça do mundo, quer feminina quer masculina, com as grandes referências nacionais a marcar presença no campeonato e também a adesão muito elevada de atletas populares à prova de águas abertas”.

Por outro lado, Daniel Viegas, seleccionador nacional afirmou que “este ano, temos uma participação portuguesa reduzida, embora de qualidade e, a nível internacional, uma participação muito elevada, com as selecções dos EUA e da Austrália a marcar presença. Na prova feminina estão confirmadas 12 nadadoras de entre as 16 melhores classificadas no campeonato mundial e oito dos 16 primeiros atletas masculinos com melhor classificação. O treinador da selecção portuguesa prevê “uma prova muito disputada, com a água mais fria a apimentar a competitividade”, a que se juntará o factor surpresa do uso fato isotérmico, em virtude das novas regras introduzidas pela FINA para a utilização de fatos, em 2017. Com a temperatura a baixo de 18 °C será obrigatório a utilização do equipamento desportivo. “É um factor que não vem facilitar nem dificultar, toda a gente vai estar de olhos postos em Setúbal para ver o que irá trazer de novo à modalidade”, acrescentou o seleccionador.

Em declarações aos jornalistas, Angélica André, campeã nacional (Fluvial) dos 5 e 10 km revelou que “o seu principal objectivo na prova de sábado é ficar em 11º lugar. Mas cada prova é uma prova. A semana passada correu bem, estou motivada, confiante e o meu objectivo é ficar no grupo da frente”, adiantou.

Já Rafael Gil, campeão nacional dos 10 km (Individual ANL) afirmou que “não se trata de uma prova garantida para mim nem para a selecção masculina portuguesa. O grande objectivo da selecção portuguesa será chegar ao grupo da frente, fazer o nosso melhor e garantir o nosso lugar, em Glasgow”, concluiu.

A conferência de apresentação da FINA Marathon Swim World Series 2018 Setúbal contou com a presença de Maria das Dores Meira, presidente da Câmara de Setúbal, Luís Liberato, da Divisão de Educação da Câmara de Setúbal, Pedro Pina, vereador da Cultura e Desporto da Câmara de Setúbal, António Silva, presidente da Federação Portuguesa de Natação, Daniel Viegas, seleccionador nacional, Ana Marcela, campeã mundial dos 25 km e terceira nos 10 km, Simone Ruffini, campeão do circuito mundial 2017, Angélica André, campeão nacional dos 5 e 10 km e Rafael Gil, campeão nacional dos 10 km.

Comentários

- Pub -