Taça do mundo de natação junta mais de 500 atletas no sábado

0
66
visualizações

Prova mundial de natação em águas abertas decorre este sábado, no Parque Urbano de Albarquel. Circuito reúne campeões olímpicos e mundiais, com destaque para os portugueses Angélica André, Rafael Gil, José Carvalho e Tiago Campos

 

- Pub -

A elite mundial de natação em águas abertas vai estar concentrada em Setúbal no próximo sábado, 9 de Junho, para a 12ª edição da FINA Marathon Swim World Series 2018 Setúbal, terceira etapa da taça do mundo. A mais importante competição portuguesa em águas abertas integra no seu programa o Open Challenge, prova aberta FINA Marathon Swimming World Series, com cerca de 500 nadadores inscritos.

Na prova organizada pela Federação Portuguesa de Natação, em parceria com a Câmara de Setúbal e que terá lugar no Parque Urbano de Albarquel vão marcar presença os holandeses Ferry Weertman e Sharon van Rouwendaal, campeões olímpicos do Rio de Janeiro, vencedores da primeira etapa da Taça do Mundo FINA/Hosa 2018, que decorreu em Doha (Quatar).

Na competição estarão também os italianos Simone Ruffini (campeão do circuito mundial 2017, 6º no Rio 2016), Mário Sanzullo, prata nos 5 km Mundial 2017 e Matteo Furlan, prata nos 25 km Mundial 2017, o húngaro Kristof Razovsky (vencedor da etapa de Setúbal 2017) e o alemão Rob Muffels, segundo em Setúbal 2017.

No sector feminino, o destaque vai para as italianas Rachelle Bruni (prata no Rio 2016 e vencedora em Setúbal 2017), e Arianna Bridi, bronze no Mundial 2017, a equatoriana Samantha Arevalo (vice-campeã mundial 2017), a brasileira Ana Marcela, campeã mundial dos 25 km e terceira nos 10 km em 2017, a chinesa Xim Xin, campeã em Setúbal 2016 e a norte americana Haley Anderson, prata nos Jogos de Londres 2012.

Portugal estará representado com os campeões nacionais 2018: Angélica André (Fluvial), campeã dos 5 e 10 km, Rafael Gil (Individual ANL), campeão dos 10 km, Tiago Campos (CN Rio Maior) campeão dos 5 km e vice-campeão dos 10 km, José Paula Carvalho (SFUAP- Piedense) vice-campeão nacional dos 5 km. A equipa nacional terá em Setúbal um momento de avaliação para o Europeu absoluto de Glasgow (Escócia), de 8 a 12 de Agosto e para Campeonato da Europa de Juniores Malta, de 13 a 15 de Julho.

Na conferência de imprensa de apresentação do evento, que se realizou esta quinta-feira, 7, no Hotel Novotel, Maria das Dores Meira, presidente da Câmara de Setúbal começou por saudar os atletas que vão estar a competir pela 12ª vez, considerando que “tem valido a pena o investimento e esforço para promover a modalidade, o nosso concelho e as suas potencialidades na área do desporto aquático”. A edil setubalense salientou ainda que “para além das comitivas oficiais muitos são os acompanhantes que aproveitam este período para visitar a nossa região, com visíveis retornos económicos para o sector turístico, valores que nos asseguram que estamos no caminho certo da promoção, valorização da nossa terra, gentes e tradições”.

António Silva, presidente da Federação Portuguesa de Natação salientou “a maior participação internacional nesta taça do mundo, quer feminina quer masculina, com as grandes referências nacionais a marcar presença no campeonato e também a adesão muito elevada de atletas populares à prova de águas abertas”.

Por outro lado, Daniel Viegas, seleccionador nacional afirmou que “este ano, temos uma participação portuguesa reduzida, embora de qualidade e, a nível internacional, uma participação muito elevada, com as selecções dos EUA e da Austrália a marcar presença. Na prova feminina estão confirmadas 12 nadadoras de entre as 16 melhores classificadas no campeonato mundial e oito dos 16 primeiros atletas masculinos com melhor classificação. O treinador da selecção portuguesa prevê “uma prova muito disputada, com a água mais fria a apimentar a competitividade”, a que se juntará o factor surpresa do uso fato isotérmico, em virtude das novas regras introduzidas pela FINA para a utilização de fatos, em 2017. Com a temperatura a baixo de 18 °C será obrigatório a utilização do equipamento desportivo. “É um factor que não vem facilitar nem dificultar, toda a gente vai estar de olhos postos em Setúbal para ver o que irá trazer de novo à modalidade”, acrescentou o seleccionador.

Em declarações aos jornalistas, Angélica André, campeã nacional (Fluvial) dos 5 e 10 km revelou que “o seu principal objectivo na prova de sábado é ficar em 11º lugar. Mas cada prova é uma prova. A semana passada correu bem, estou motivada, confiante e o meu objectivo é ficar no grupo da frente”, adiantou.

Já Rafael Gil, campeão nacional dos 10 km (Individual ANL) afirmou que “não se trata de uma prova garantida para mim nem para a selecção masculina portuguesa. O grande objectivo da selecção portuguesa será chegar ao grupo da frente, fazer o nosso melhor e garantir o nosso lugar, em Glasgow”, concluiu.

A conferência de apresentação da FINA Marathon Swim World Series 2018 Setúbal contou com a presença de Maria das Dores Meira, presidente da Câmara de Setúbal, Luís Liberato, da Divisão de Educação da Câmara de Setúbal, Pedro Pina, vereador da Cultura e Desporto da Câmara de Setúbal, António Silva, presidente da Federação Portuguesa de Natação, Daniel Viegas, seleccionador nacional, Ana Marcela, campeã mundial dos 25 km e terceira nos 10 km, Simone Ruffini, campeão do circuito mundial 2017, Angélica André, campeão nacional dos 5 e 10 km e Rafael Gil, campeão nacional dos 10 km.

- Pub -

Queremos a sua opinião!