CDS-PP vai apresentar à Câmara de Setúbal pacote de propostas sobre ‘Arrábida sem Carros’

0
194
visualizações

Bilhetes familiares, de custo mais acessível, criação de um Cartão Municipal e o desenvolvimento de uma rede de bicicletas com pontos de estacionamento/levantamento na Avenida Luísa Todi e nas Praias da Arrábida são algumas das medidas defendidas

Utilizar parte das receitas obtidas com o estacionamento tarifado no financiamento do transporte em autocarro, reduzindo os valores já anunciados, e a criação de bilhetes com preços mais acessíveis para as famílias são duas propostas de um pacote de medidas que o CDS-PP defende para o acesso às praias da Arrábida. Os centristas anunciam, em comunicado, que, no âmbito da mobilidade, transportes e acessibilidades, vão apresentar ao executivo camarário de Setúbal, presidido por Maria das Dores Meira, um conjunto de propostas.
“Na actual discussão da proposta apresentada pelo executivo municipal sob o tema ‘Arrábida sem Carros’, que pretende resolver um problema que se arrasta há décadas, e que se prende com a circulação de pessoas e viaturas no acesso às praias da Arrábida (…) entendemos a necessidade de regular e ordenar o acesso às nossas praias na Arrábida e evitar que se continuem a verificar situações de estacionamento ilegal e abusivo”, começa por lembrar a comissão política sadina dos democratas-cristãos, salientando ao mesmo tempo “a necessidade de aumentar e melhorar o transporte” para os referidos locais.
Nesse âmbito, e considerando que o “problema é complexa resolução”, o CDS-PP revela nove propostas que irá apresentar à maioria CDU do executivo camarário.
Os centristas propõem “que parte das receitas obtidas com o estacionamento tarifado sejam utilizadas para financiamento do transporte em autocarro, reduzindo os valores já anunciados” e que “seja criado e em articulação com a empresa de transportes a figura dos ‘Bilhetes Familiares’, que permitam uma utilização a preços mais acessíveis às famílias e/ou que estas viagens possam ser incluídas nos títulos de transporte existentes, combinando esta utilização com a utilização habitual nos circuitos estabelecidos”.

- Pub -

Outras propostas

O alargamento ao “Circuito Azeitão-Creiro” da utilização de bilhetes pré-comprados e a criação de um “Cartão Municipal” que permita, aos visitantes e não só, uma utilização dos referidos transportes e em simultâneo a entrada em museus municipais e espaços culturais do município são duas outras propostas.
Os centristas propõem igualmente a criação de “parcerias para desenvolver uma rede de bicicletas (BICOSE-Bicicletas Comunitárias Setúbal) com pontos de estacionamento/levantamento de bicicletas na Avenida Luísa Todi e nas Praias da Arrábida”, bem como a criação de “parcerias que permitam que outros operadores possam apresentar soluções de transporte”.
A identificação “de forma clara e perceptível das paragens, parques de estacionamento de apoio aos transportes existentes, bem como dos locais existentes para a venda dos títulos de transporte disponíveis”, além da “elaboração e distribuição de folheto municipal e/ou App alusiva, com explicação das diversas alternativas” também são outras medidas contempladas no pacote de propostas do CDS-PP.
Os centristas propõem ainda a criação de uma comissão de acompanhamento pela Assembleia Municipal, para que “de uma forma informada se avalie a implementação do programa e se identifiquem os pontos positivos do mesmo e eventuais pontos de melhoria”.
Com as referidas propostas, os democratas-cristãos dizem esperar “contribuir para uma melhor mobilidade, com custos mais acessíveis, salvaguardando valores essenciais: as pessoas, a natureza e o ambiente”.

- Pub -

Queremos a sua opinião!