Alunas do Montijo vão representar a AML no Concurso Nacional de Leitura

59
visualizações

Joana Costa e Mónica Correia foram apuradas na fase intermunicipal que decorreu em Almada. A primeira frequenta a Escola Básica 2,3 de Pegões e a segunda é aluna na Secundária Poeta Joaquim Serra. Vão integrar um grupo de oito que representará a AML na etapa nacional do evento

- Pub -

Duas jovens alunas do Montijo vão representar, no próximo dia 10 (Dia de Portugal e da Língua Portuguesa), a comunidade escolar da Área Metropolitana de Lisboa (AML) no Concurso Nacional de Leitura. Joana Costa e Mónica Correia foram apuradas na fase intermunicipal, realizada no passado dia 24 na Biblioteca Municipal de Almada, para representarem, juntamente com mais seis alunos, a AML no referido evento nacional.

Na etapa em Almada, Joana Costa, aluna do 9.º ano na Escola Básica 2,3 de Pegões, conquistou o 1.º lugar na categoria do 3.º ciclo do ensino básico; Mónica Correia, aluna da Escola Secundária Poeta Joaquim Serra, foi segunda classificada na categoria do ensino secundário.

“A fase intermunicipal de apuramento dos representantes da comunidade escolar da AML reuniu cerca de 70 alunos, de diferentes níveis de ensino, de 18 concelhos do território educativo da Grande Lisboa e da Península de Setúbal”, realça a Câmara Municipal do Montijo, em nota de Imprensa, lembrando que Joana Costa e Mónica Correia já “tinham sido selecionadas na fase concelhia do Concurso Nacional de Leitura, que decorreu no passado dia 16 de Abril, no Laboratório de Aprendizagem”.

O Montijo foi ainda representado na fase intermunicipal, em Almada, por Daniela Borges (1.º ciclo/ 3.º ano), da EB do Areias, e Rodrigo Coelho (2.º ciclo/6.º ano), da EB D. Pedro Varela, que haviam sido igualmente apurados na etapa concelhia.

“O resultado obtido pelas alunas montijenses reflecte a sua condição de grandes leitoras e, também, o trabalho levado a cabo pelas suas famílias, assim como toda a competência e profissionalismo dos professores, professores bibliotecários e profissionais de informação e documentação (bibliotecários e assistentes técnicos) na implementação e desenvolvimento local, através da Biblioteca Municipal e das Bibliotecas Escolares, das políticas nacionais de relacionadas com a leitura e com o livro”, considera a autarquia a concluir.

Comentários

- Pub -