A partir de hoje é mais difícil chegar de carro às praias da Arrábida

0
163
visualizações

O programa “Arrábida sem carros”, que pretende limitar o acesso de viaturas de transporte particular às praias da margem direita do rio Sado, arranca hoje, primeiro dia da época balnear no concelho de Setúbal.

- Pub -

De acordo com a presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, este programa pretende “acabar com o caos e falta de condições de segurança no acesso às praias na serra da Arrábida”.

A partir de hoje está prevista a proibição de circulação de viaturas particulares entre a praia da Figueirinha e o Creiro.

Durante a época balnear, no troço da Estrada Nacional 379-1 compreendido entre a praia da Figueirinha e o portinho da Arrábida só será permitida a circulação de viaturas de residentes, viaturas em serviço devidamente autorizadas, transportes públicos e viaturas de emergência e socorro.

Por outro lado, está prevista a cobrança de estacionamento na Figueirinha, com preços que, na época alta, vão desde os 40 cêntimos por hora (80 cêntimos aos fins de semana e feriados) aos 6,50 euros por dia (nove euros aos fins de semana e feriados).

A partir de hoje haverá também um serviço de transporte público com carreiras regulares para a praia da Figueirinha, com partida do Centro Comercial Alegro, da estação da Rodoviária, na avenida 5 de Outubro, e da estação dos caminhos-de-ferro, na Praça do Brasil, todas com o preço de 4,10 euros, ida e volta. Está igualmente assegurada uma carreira com partidas do parque do Morango, em Azeitão, de duas em duas horas.

Para as pessoas que preferem as praias de Galapos/Galapinhos e Creiro/Portinho da Arrábida, a autarquia garante ainda um serviço de vaivém gratuito, de 30 em 30 minutos, que irá funcionar entre a Figueirinha e a zona do Creiro.

Quem preferir a praia da Albarquel, terá disponível um outro serviço de vaivém regular a partir da avenida Luísa Todi, que terá um custo de 1,40 euros, ida e volta.

O plano de intervenção para melhorar as condições de acesso às praias da Arrábida prevê ainda a possibilidade de os automobilistas deixarem as viaturas em parques de estacionamento antes de seguirem para as praias em transportes públicos.

A par das restrições à circulação de automóveis na estrada de acesso às praias da Arrábida, a autarquia tem previsto um plano de investimento que ascende a cerca de um milhão de euros, na requalificação das praias da Albarquel, Figueirinha, Galapos/Galapinhos e Creiro/Portinho da Arrábida, bem como na reabilitação do Parque da Comenda e na realização de um estudo de hidrodinâmica marinha, vistoria de fundos e monitorização da qualidade da água.

Lusa

- Pub -

Queremos a sua opinião!