Apanhado à porta de casa com mais de 1.300 doses de cocaína e heroína

0
141
visualizações

Um homem de 44 anos ficou em prisão preventiva depois de ter sido detido pela PSP, em Setúbal, por posse e tráfico de estupefacientes. O suspeito estava na posse de 1.280 doses de cocaína e 60 doses de heroína, quando foi detido, na última sexta-feira, pelas 12h15, anunciou a PSP em comunicado. Foi-lhe ainda apreendida a quantia de 5.970 euros e, após busca domiciliária, uma pistola, peças de ouro e artigos de vestuário, entre outros.

- Pub -

O homem foi surpreendido quando, juntamente com outros indivíduos, se encontrava a tentar forçar a entrada na sua própria residência. “Referiu que estavam a mudar a fechadura da porta de sua casa. Durante a conversação, os elementos policiais verificaram que o proprietário estava com uma postura estranha, muito nervoso e com uma atitude bastante irrequieta”, explica a PSP, adiantando que, “em acto contínuo” e já depois de ter confirmado que existia alguém dentro da residência, “o suspeito entregou um saco plástico com heroína”, numa quantidade total “correspondente a 60 doses”.

Além disso, o homem entregou ainda “cocaína, com uma quantidade total correspondente a 1 280 doses”, tendo também sido apreendidos “5.970 euros em notas do Banco Central Europeu”.

Após várias diligências, a PSP conseguiu apurar que o suspeito “possuía uma outra residência no mesmo prédio, que após uma busca ao seu interior devidamente autorizada” permitiu a apreensão de uma pistola 6.35, entre outros artigos.

Dessa acção resultou também a apreensão de “quatro telemóveis; uma máquina fotográfica digital; um auto-rádio; um fio, uma pulseira e um crucifixo em ouro no valor aproximado de 6 000 euros; 63 peças de roupa de diversas marcas (camisas, calças, saias, vestidos, t-shirts, bonés); três relógios, cinco malas de senhora de diversas marcas; três perfumes, 11pares de ténis de diversas marcas; um par de sapatos, e dois pares de chinelos”.

O detido, revela a PSP, “já estava referenciado em outros processos de tráfico de estupefacientes”.

Grupo detido por furtos a lojas

Material apreendido ao grupo suspeito de furtos em lojas

Ainda em Setúbal, mas no passado sábado, pelas 18h20, a PSP deteve três mulheres, uma delas em estado de gravidez, e um homem suspeitos de integrarem um grupo de cinco indivíduos que alegadamente terá furtado artigos no valor total de 1 517 euros em várias lojas de um estabelecimento comercial.

De acordo com a polícia, o grupo furtou diversos artigos numa das lojas “através da utilização de sacos de grandes dimensões e forrados com alumínio”.

“Os elementos policiais tentaram apurar o paradeiro dos suspeitos e verificaram que já tinham efectuado mais furtos em outras lojas daquele estabelecimento comercial. Depois de várias diligências, foi possível interceptar um casal suspeito após perseguição apeada. Como havia mais suspeitos no grupo, os elementos policiais em acto contínuo, conseguiram interceptar as outras duas suspeitas”, revela a PSP, acrescentando: “Foi localizada a viatura que utilizavam, propriedade de uma das suspeitas, contendo no seu interior diversos artigos ainda com as etiquetas, provenientes dos furtos cometidos em várias lojas. O outro suspeito fugiu para parte incerta.”

Dos quatro detidos, três “recolheram aos quartos de detenção e uma foi notificada pelo motivo de se encontrar em avançado estado de gravidez”, adianta a polícia, que conseguiu recuperar o material furtado. O grupo já estava referenciado por crimes semelhantes.

- Pub -

Queremos saber a sua opinião.