Município homenageia as duas corporações de bombeiros do Barreiro [FOTOS]

48
visualizações

O hastear das bandeiras nos dois quartéis dos Bombeiros Voluntários do Barreiro, Corpo de Salvação Pública e Bombeiros do Sul e Sueste, e a Cerimónia Solene de entrega de Medalhas de Bons Serviços e Dedicação a 11 bombeiros do concelho encerraram as comemorações do Dia Municipal do Bombeiro, celebrado a 19 de Maio.

- Pub -

Na cerimónia, o presidente da Câmara do Barreiro, Frederico Rosa, salientou o “orgulho” que sente por ambas as corporações e desafiou a população a aumentar o número de associados nas duas Associações Humanitárias, uma vez que, actualmente, só 10% da população é associada.

Durante a sua intervenção, o autarca disse que neste orçamento a Câmara aumentou as verbas destinadas às duas corporações e adiantou que o desafio da autarquia “não se esgota com atribuição de verbas, mas sim fazendo investimentos na desmatação do concelho, aumentando a comunicação entre a Protecção Civil e as corporações de bombeiros, aumentando a relação e as interacções que temos com as escolas. Sabemos que no movimento associativo e nas camadas mais velhas temos um longo caminho a percorrer”.

Dirigindo-se aos dois comandantes referiu o orgulho que sente pelo facto de as corporações do concelho terem Acácio Coelho e José Figueiredo no seu comando.

“São um exemplo que trespassa para todos os bombeiros, aquilo que deve ser a responsabilidade, a Protecção Civil e o altruísmo que todos os bombeiros devem ter. Muito obrigado pelo vosso empenho”.

No sentido de ultrapassar desafios, sublinhou o trabalho conjunto entre a Câmara e as duas corporações, porque “só assim estão ao lado da cidade para que, cada vez mais tenham meios e mais capacitação para melhor servir as nossas populações”.

Na ocasião, o Comandante dos Bombeiros Voluntários do Barreiro Corpo de Salvação Pública, José Figueiredo, divulgou o trabalho realizado pelos bombeiros em 2017, num ano marcado pelos elevados danos humanos, materiais e ambientais.

“Os bombeiros, no município do Barreiro, responderam a cerca de 10 363 intervenções de socorro, entre as quais se salienta o registo de 261 saídas para todo o tipo de incêndios, sendo o Barreiro velho a zona onde ocorrem mais incêndios em edifícios devolutos. Estes números representam o valioso trabalho dos bombeiros. Um trabalho resultante do desempenho das duas equipas permanentes de intervenção, fruto de um protocolo assinado em 2017”, disse.

Por sua vez, o Comandante dos Bombeiros Voluntários do Sul e Sueste, Acácio Coelho, fez questão de referir que este dia é muito “especial” para todos, pois mostra a “admiração, amizade e gratidão”.

Na sua opinião, depois de 2017, “as entidades estão mais atentas a perceber que uma Protecção Civil activa e vigilante, com o apoio das duas corporações, só beneficiará os barreirenses. Um apoio que deve ser ‘pró-activo’. A colaboração dos serviços camarários e dos bombeiros tem de ser baseada no apoio logístico, sempre que necessário, só assim teremos um serviço de qualidade, com tempo de reacção curto”.

Após a cerimónia, seguiu-se o desfile motorizado e apeado das forças pelo centro da cidade.

As comemorações começaram no dia 14 de Maio, com exercícios de evacuação na Escola Básica nº1 e Jardim-de-Infância da Cidade Sol e na Escola Básica de Coina. Na Cidade Sol estiveram envolvidos cerca de 260 alunos, 13 professores e educadores de infância e oito auxiliares. Enquanto que, aproximadamente, 90 alunos, quatro professores e três auxiliares participaram no exercício na escola de Coina.

No âmbito das comemorações do Dia Municipal do Bombeiro, decorreu também, na manhã de 16 de Maio, um simulacro de incêndio urbano na Escola Básica Professor José Joaquim Rita Seixas. Estiveram envolvidos cerca de 220 alunos, 14 professores e 10 auxiliares.

Por fim, nos dias 17 e 18 de Maio teve lugar a Iniciativa “Quartel Aberto – Visita da Comunidade Escolar aos Quartéis”.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Comentários

- Pub -