Feira Ar Puro aposta no programa para atrair mais visitantes 

0
115
visualizações

A quarta edição da Feira ‘Ar Puro – caça, pesca e atividades ao ar livre’ realiza-se entre 18 e 20 de maio no Parque de Feiras e Exposições de Grândola. Com um extenso programa, o certame, procura ser uma montra das potencialidades do concelho.

- Pub -

A Câmara Municipal de Grândola anunciou uma alteração no calendário de eventos e decidiu antecipar a realização da Feira Ar Puro para o mês de maio. A nova data e a programação foram conhecidos, na passada sexta-feira, durante uma conferência de imprensa que se realizou no restaurante Pôr do Sol, na praia do Carvalhal.

O certame que é dedicado à caça, pesca e atividades ao ar livre já vai na quarta edição e a organização entendeu este ano fazer “mexidas no calendário” e antecipar para o mês de maio uma feira que se realizava em outubro. “Alteramos a data para finais de maio porque a experiência anterior mostrou que era importante fazer esta feira num período em que não existissem atividades congéneres na região, como acontece em outubro, relacionadas com esta temática”, justificou o presidente da Câmara de Grândola, António Figueira Mendes que acredita “ter encontrado uma data feliz” para a realização do evento. “Esperemos que esta data seja para manter e que seja uma feira de referência no litoral alentejano uma vez que nos últimos anos ganhou alguma dimensão”, acrescentou a vereadora Carina Batista.

De acordo com a organização, a feira da caça, pesca e atividades ao ar livre tem como objetivo “promover o concelho e mostrar as suas potencialidades”. O certame, que este ano se realiza entre 18 e 20 de maio no Parque de Feiras e Exposições de Grândola, tem um orçamento “que ronda os 17 mil euros” e conta com a participação e envolvimento de cerca de 20 associações ligadas às atividades desportivas e culturais do concelho que ajudam a cumprir o extenso programa do evento que arranca na sexta-feira, dia 18 de maio, às 17h00, e encerra no domingo, dia 20, com atividades para todos os gostos. “Durante três dias procuramos ter uma mostra de tudo aquilo que é possível fazer no concelho de Grândola nas áreas relacionadas com a pesca, caça, turismo de natureza, desporto e aventura”, sublinhou a autarca.

Se gosta de caça, o encontro de matilheiros (sábado, dia 19), o torneio de tiro aos pratos (domingo, dia 20), a corrida de galgos (sábado, dia 19), o concurso de podengos (domingo), ou a demonstração de cães de parar (sábado), pode bem ser uma das atividades que não vai querer perder. Para os amantes da pesca, a venda de artigos, a apresentação do projeto Frisk (sábado), os concursos de pesca de rio e de mar (sábado e domingo) e a demonstração de pesca com kayak (sábado), uma das novidades deste ano, podem servir de cartão de visita para se deslocar ao parque de feiras de Grândola. Mas os amantes das atividades ao ar livre têm aqui a oportunidade de participar ou assistir aos treinos de airsoft (sábado), provas de skate (domingo), passeios de BTT (sábado), workshops de fotografia de vida selvagem (sábado), passeios a cavalo (domingo), provas e workshops de geocaching (sábado e domingo), prova de Down Hill (domingo), campeonato de surf na praia do Carvalhal (sábado e domingo), 1ª corrida de Kitebuggy (sábado), aula de Acroyoga (sábado) ou ao meeting de bodyboard na praia do Carvalhal (sábado). 

“Acreditamos que com este programa qualquer pessoa que nos venha visitar durante estes três dias encontrará alguma atividade que a irá interessar e que permitirá aumentar o seu conhecimento sobre as ofertas que o município de Grândola proporciona”, destacou Carina Batista que, à semelhança do ano passado, tem como objetivo atingir a fasquia dos cinco mil visitantes. “É um número que ainda não conseguimos atingir mas acredito que vai ser possível alcançar os cinco mil visitantes” que se deslocam não só ao recinto como aos vários locais onde se vão realizar as atividades que serão espalhadas por várias freguesias do concelho. “Tentamos encontrar algum equilíbrio porque queremos que as pessoas visitem os stands e por isso dividimos as atividades entre o exterior e o recinto da feira”, explicou a responsável.

Em permanência no recinto da feira, que este ano conta com cerca de 50 expositores, os visitantes poderão encontrar tasquinhas, animação musical, venda de artigos, exposições animação infantil, slide, parede de escalada e salto negativo.

A entrada é gratuita no primeiro dia da feira. No sábado e domingo, o bilhete diário custa 1,5 € e, para os dois dias, haverá um desconto e o ingresso será de 2 euros.

Comentários

- Pub -