Secundária Jorge Peixinho vence Jogo de Gestão Interescolas do IPS

82
visualizações

Montistay foi a equipa da escola montijense que arrebatou o primeiro lugar. Finalíssima juntou 64 alunos de 12 equipas em representação de sete escolas de cinco concelhos do distrito. O 2.º e 3.º lugares foram entregues às equipas Girls Power e Aliança Azul, ambas da Secundária D. Manuel Martins, de Setúbal

- Pub -

Com um plano de gestão de um hotel de escala média, a equipa Montistay da Escola Secundária Jorge Peixinho, do Montijo, formada por seis elementos, foi a vencedora do 3.º Jogo Interescolas promovido pela Escola Superior de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Setúbal (ESCE/IPS). O prémio foi arrebatado pela escola montijense na finalíssima disputada no passado dia 20 por um total de 64 alunos, distribuídos por 12 equipas em representação de sete escolas de cinco concelhos do distrito de Setúbal.

O pódio ficou completo com as equipas Girls Power e Aliança Azul, 2.ª e 3.ª classificadas respectivamente, ambas da Escola Secundária D. Manuel Martins, de Setúbal.

Girls Power receberam o 2.º prémio
Aliança Azul conquistou o 3.º posto

Esta terceira edição do Jogo Interescolas, cuja fase de apuramento arrancou em Janeiro último, voltou a consistir num simulador de gestão “em que os participantes foram chamados a tomar decisões em equipa, no papel de responsáveis por uma empresa do sector hoteleiro, tendo assim oportunidade de entrar em contacto com os conceitos básicos das Ciências Empresariais”, explica o IPS.

A Montistay da Secundária Jorge Peixinho foi a melhor do distrito nesta edição do certame, ao apresentar um plano de gestão de um hotel de escala média, situado no centro de Lisboa e focado na “qualidade do serviço e no bem-estar do cliente”, conforme explicou o porta-voz da equipa, Patrick Pop. “O forte trabalho de equipa, o chegar a um consenso em grupo, com muita deliberação e muita conversa sobre o melhor rumo a tomar” foram alguns dos pontos enriquecedores vividos nesta experiência, adiantou o aluno que pretende prosseguir estudos na área das Ciências Empresariais e que, ao mesmo tempo, destacou a oportunidade de conhecer o Campus de Setúbal do IPS.

“O ensino superior é um mundo bastante diferente, mas ao mesmo tempo familiar do secundário, e achei muito interessante poder conhecer o IPS e poder experienciar estas emoções todas que nos foram oferecidas.”

A equipa da Secundária Jorge Peixinho foi acompanhada pelo professor Flamino Viola que, no final, considerou o prémio como o corolário de “três anos de trabalho”, tantos quantas as vezes que o estabelecimento de ensino montijense chegou à finalíssima.

Tal como o porta-voz da equipa, também o docente de Economia destacou a possibilidade de os alunos poderem contactar com uma outra realidade de ensino como um dos vários benefícios sentidos. “A oportunidade de conhecer o IPS, muito perto do Montijo, de ver as condições das suas escolas, que são uma alternativa para o seu percurso no ensino superior”, apontou Flamino Viola, reforçando a experiência que os alunos tiveram no IPS ao contactarem com “um ensino muito mais prático do que teórico, sendo que muitos dos miúdos actuais interessam-se muito mais pela prática com possibilidades de empregabilidade”.

Envolvimento das autarquias

O IPS lembra que o Jogo de Gestão Interescolas enquadra-se no seu “quadro das responsabilidades educativas, sociais e de promoção do desenvolvimento regional”, envolvendo assim, para esse efeito, “um conjunto de parceiros institucionais do distrito de Setúbal”, entre os quais destaca “as câmaras municipais, este ano 10 no total”.

“A cerimónia de entrega de prémios contou com a presença de representantes dos municípios de Setúbal, Sines, Grândola e Barreiro, aos quais o presidente do IPS, Pedro Dominguinhos, aproveitou para agradecer o envolvimento na iniciativa, ‘crucial para a afirmação do Politécnico de Setúbal junto da comunidade, e também para que os alunos desenvolvam um conjunto de competências fundamentais como preparação para o ingresso no ensino superior’”, salienta o IPS.

A importância do envolvimento das autarquias, de resto, é reforçada pelo presidente do Politécnico de Setúbal. “A parceria com as câmaras municipais é para nós estratégica na nossa missão de contribuir para o desenvolvimento do território, que vai do Barreiro até Sines, tendo em conta o papel cada vez mais relevante que desempenham na promoção da educação e do sucesso escolar”, disse, considerando o Jogo de Gestão Interescolas como uma das várias oportunidades criadas anualmente pelo IPS para que “o ensino secundário possa vivenciar o ensino superior”.

 

Comentários

- Pub -