Filho mata a mãe de 86 anos no Pinhal Novo [actualizada]

0
462
visualizações

Autoridades relatam cenário de “muita violência” e dizem que idosa teve “morte muito violenta”. Homicida é o filho, de 39 anos, que foi detido pela GNR e entregue à PJ

 

- Pub -

As autoridades policiais encontraram hoje um cenário de “grande violência” no assassinato de uma mulher, de 86 anos, alegadamente por um filho, em Pinhal Novo, no concelho de Palmela, distrito de Setúbal.

Fontes policiais contactadas pela agência Lusa relataram que terá ocorrido uma “morte muito violenta”, na casa da vítima, mas que ainda é prematuro apontar em concreto as circunstâncias do homicídio e a forma da agressão.

Estas fontes citadas pela Lusa não confirmam, mas a idosa terá sido morta à pancada.

O principal suspeito é um filho, de 39 anos, segundo a GNR de Setúbal, que está à guarda da Polícia Judiciária (PJ) de Setúbal, encarregada da investigação, e que estava no local do crime quando hoje foi dado o alerta e feita a detenção.

De acordo com as mesmas fontes, o crime terá sido perpetrado no sábado ou durante a última noite, horas antes do alerta, que foi dado hoje, por volta da hora de almoço, na rua Afonso de Albuquerque, em Pinhal Novo.

O cadáver da vítima foi transportado para a morgue do Hospital de São Bernardo, em Setúbal, onde será autopsiado.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal, o alerta foi dado às 12:17, tendo as operações de socorro mobilizado os bombeiros de Pinhal Novo, a viatura médica de emergência e reanimação (VMER) de Setúbal e uma equipa de psicólogos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM).

Comentários

- Pub -