“Entramos em todos os jogos para ganhar e em Guimarães não será excepção”

0
35
visualizações

André Sousa perfila-se como sucessor do lesionado Nuno Pinto no jogo de amanhã (20h30)

Após a derrota (1-2) sofrida com o Benfica, o Vitória FC procura amanhã, 20h30, no reduto do V. Guimarães reencontrar-se com os êxitos na Liga. Na partida da 30.ª jornada, o treinador José Couceiro vai ser obrigado a mexer na equipa devido à lesão do lateral Nuno Pinto. André Sousa, defesa de 20 anos formado na ‘cantera’ vitoriana, deverá ser a solução encontrada para actuar no lado esquerdo da defesa.
Sem desvendar se vai ser titular, o jovem atleta, filho do histórico capitão Hélio, afirmou ontem, em conferência de imprensa, estar “preparado” para o fazer e, se tal se confirmar, promete tudo fazer para ajudar os sadinos a conquistar pontos no Estádio D. Afonso Henriques. “Entramos em todos os jogos para ganhar e em Guimarães não será excepção”, garante o defesa que deverá voltar a jogar um mês depois de ter sido utilizado no duelo com o Marítimo (derrota 4-2).

- Pub -

Após um mês de ausência [foi titular a 11 de Março no Marítimo-Vitória da 26.ª jornada], sente-se preparado para voltar a jogar pelo Vitória este sábado em Guimarães?
Tal como os meus colegas, estou preparado. Não sei se vou jogar, caberá ao mister decidir qual a melhor solução para jogar. Trabalho para jogar e agora compete ao mister escolher a melhor opção.
Que balanço faz da sua época de estreia no escalão principal?
Era um sonho que tinha. Por sorte, trabalho e dedicação consegui ter os meus primeiros jogos pelo Vitória. É um clube que apoio desde pequeno, é algo que já vem de família. Espero continuar a fazer mais jogos até ao final da época. Caso contrário, cá estarei na próxima época para continuar a lutar por esse objectivo.
Como foi ver do lado de fora o jogo de sábado com o Benfica, que a equipa perdeu 1-2 aos 90+2 minutos?
Jogámos bem em todos os aspectos. O penálti decidiu tudo. Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance para conseguir a vitória frente ao Benfica. Realizámos uma boa exibição, tal como tínhamos feito antes com o Aves. Vamos continuar a fazer bons jogos.
A derrota deixou marcas no plantel. Como foi a semana de trabalho depois do sucedido?
A equipa reagiu bem. Como vínhamos de uma boa vitória com o Aves (1-4) continuamos moralizados, apesar desta derrota. Toda a gente quer jogar com o Benfica. Independentemente do resultado que tivemos, saímos de cabeça erguida porque jogámos muito bem. Agora é continuar em Guimarães.
O que espera desse encontro de sábado na casa do V. Guimarães?
Entramos em todos os jogos para ganhar e em Guimarães não será excepção. Têm uma equipa forte como se vê pela classificação. A jogarem na sua casa vai ser um jogo difícil, mas vamos lá para fazer o nosso melhor.
Qual a estratégia a utilizar para surpreender o adversário?
Como referi, entramos sempre para ganhar como fizemos com o Aves e o Benfica. É isso que vamos fazer.
Em relação às contas da permanência e ao calendário que resta aos clubes envolvidos nessa luta, acha que tudo será resolvido na última jornada ou poderá vir a acontecer antes?
Sabemos que todos os jogos até ao final vão ser difíceis. Esperamos conseguir ganhar já este jogo, que é o mais importante. O nosso pensamento está apenas na partida em Guimarães.
Esteve recentemente ao serviço da Selecção de sub-20. Quais os objectivos que tem a esse nível?
É uma experiência que me valoriza bastante por me permitir jogar mais e ganhar ritmo de jogo. Como não o tenho aqui, consigo ter mais ritmo. Joguei nos jogos com a Alemanha e Inglaterra e espero continuar. São jogos intensos e trata-se de uma boa experiência. Infelizmente acabou porque foi o último estágio dos Sub-20, mas espero agora conseguir ir aos Sub-21 na próxima época.
Ricardo Lopes Pereira

- Pub -

Queremos a sua opinião!