Mãe e tia de bebé morta à facada foram detidas pela PJ

966
visualizações

Rafaela Cupertino foi presa depois de ter alta do Hospital Garcia de Orta. As duas irmãs vão ser ouvidas no Tribunal de Almada

 

- Pub -

A Polícia Judiciária de Setúbal deteve esta quarta-feira (11) a mulher suspeita de ter esfaqueado mortalmente a filha recém-nascida na noite de segunda-feira em Santa Marta do Pinhal, perto de Corroios, no Seixal, bem como a tia da bebé, disse à agência Lusa fonte policial.

Segundo a mesma fonte, as irmãs, Rafaela e Inês Cupertino, gémeas, de 25 anos, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Almada, para aplicação das medidas de coação.

A mãe da bebé estava hospitalizada no Hospital Garcia de Orta desde segunda-feira e teve hoje alta hospitalar.

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Setúbal disse na terça-feira à Lusa que o crime – que, segundo informação transmitida aos bombeiros, terá sido praticado pela mãe da criança pouco depois do parto, realizado em casa – ocorreu num prédio da avenida Vieira da Silva.

O alerta foi dado pouco depois da meia-noite, mas, de acordo com o CDOS, quando os Bombeiros Voluntários da Amora chegaram ao local a criança já não apresentava sinais de vida, tendo o óbito sido confirmado no local por uma equipa de emergência médica.

Comentários

- Pub -