Câmara vai transferir quase 664 mil euros para as juntas de freguesia

89
visualizações

Acordos de execução de delegação de competências aprovados. Verba total representa um aumento de cerca de 160 mil euros em relação aos acordos ainda em vigor

- Pub -

A Câmara Municipal do Montijo vai transferir directamente para as cinco juntas de freguesia do concelho um total de 663 mil e 978 euros, no âmbito dos novos acordos de execução de delegação de competências aprovados na reunião pública desta quarta-feira com os votos a favor de PS e CDU – o vereador da coligação PSD/CDS votou contra. O montante global destina-se ao actual mandato (2017-2021) e representa um aumento de mais de 160 mil euros em relação aos acordos ainda em vigor, cujo total ascende a 500 mil e 256 euros.

Segundo a autarquia, “genericamente, os novos acordos prevêem um aumento da descentralização de competências para as freguesias, aumentando os recursos humanos e financeiros disponíveis em cada junta”, tendo resultado de um processo negocial entre a maioria socialista e os presidentes das juntas de freguesia, que “culminou num amplo consenso entre todas as partes envolvidas”.

“Construir um futuro melhor para os montijenses consegue-se com mais descentralização, assegurando mais competências e meios para as executar. Os novos acordos de delegação de competências resultam da preocupação partilhada pela Câmara e pelas juntas de freguesia na construção de um Montijo moderno, sustentável competitivo, solidário, com igualdade de oportunidades e com um governo em proximidade”, defende o presidente da autarquia, Nuno Canta.

A maior fatia do bolo cabe à Junta da União das Freguesias de Pegões, que irá receber 185 mil e 603 euros (cerca de 35 mil euros a mais em relação ao actual acordo ainda em vigor). Seguem-se a Junta da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro com 173 mil e 577 euros (um aumento superior a 63 mil euros relativamente ao acordo em vigor) e a Junta da União das Freguesias da Atalaia e Alto Estanqueiro-Jardia com 170 mil e 798 euros (mais 24 mil e 121 euros face ao acordo ainda em vigor). A Junta de Sarilhos Grandes receberá 81 mil e 189 euros (cerca de o dobro do valor ainda em vigor) e a Junta de Canha encaixará 52 mil e 809 euros (verba que se mantém sensivelmente idêntica à do acordo ainda em vigor).

As juntas de Sarilhos Grandes e da União das Freguesias de Montijo e Afonsoeiro são as únicas que assumem novas competências.

Os documentos vão ser enviados para deliberação da Assembleia Municipal e dos órgãos das freguesias e serão ainda remetidos ao Tribunal de Contas.

Comentários

- Pub -