Baía do Tejo inaugura a nova alameda da Rua da União e “o maior mural jamais feito” do artista Vhils

0
227
visualizações

Este domingo, dia 25 de Março, a Baía do Tejo está a convidar a população do Barreiro, e não só, para a inauguração da nova alameda da Rua da União, ao mesmo tempo que vai inaugurar “o maior mural jamais feito” pelo artista Vhils. A iniciativa decorre no Largo das Obras, pelas 16h00.

- Pub -

A inauguração da nova alameda está inserida no pilar de intervenção de Requalificação Urbanística dos territórios que a Baía do Tejo “assume na sua missão”.

“O objectivo deste trabalho de melhoria contínua é sempre tornar os parques empresariais da Baía do Tejo mais funcionais para os seus clientes e mais atractivos para novas empresas que se queiram instalar e, ao mesmo tempo, facilitar a vida das populações e devolver os territórios às comunidades”, salientou a empresa.

Nesse mesmo dia, será também inaugurada a obra do artista Vhils no “Sobe e Desce” do Bairro de Santa Bárbara.

“O artista de renome internacional e que tem com as suas intervenções marcado cidades de diversos países e em vários continentes vai afirmar-se com o maior mural jamais feito por si e que visa interpretar e fazer sobressair as vivências e o ADN do complexo industrial e do território”, revelou a Baía do Tejo ao DIÁRIO DA REGIÃO.

A cerimónia de inauguração da nova alameda da Rua da União e da Obra do artista Vhils no Bairro de Santa Bárbara contará com Jacinto Pereira, presidente do Conselho de Administração da Baía do Tejo, e Frederico Rosa, presidente da Câmara Municipal do Barreiro.

A Baía do Tejo é uma empresa do sector empresarial do estado que tem como objectivo valorizar e desenvolver os seus territórios, promovendo a requalificação urbanística e ambiental, mantendo a gestão de três Parques Empresariais localizados no Barreiro, Seixal e Estarreja. Desde 2012 acresce a esta missão a promoção do Projecto Arco Ribeirinho Sul.

Os Parques Empresariais da Baía do Tejo e as 300 empresas instaladas contribuem para a dinamização da actividade económica e criação de emprego nos concelhos onde estão sediados.

- Pub -

Queremos saber a sua opinião.