Indiciados por abuso sexual de crianças e violação apanhados em Setúbal e Lisboa

124
visualizações

Sobre os quatro portugueses e um paraguaio recaíam mandados de detenção europeus e um internacional. Ficaram em preventiva a aguardar extradição para Espanha, Reino Unido e Paraguai

- Pub -

Duas mulheres e três homens, com idades entre os 20 e 55 anos, sobre os quais recaíam mandados de captura europeus e um de detenção internacional, foram detidos pela Polícia Judiciária (PJ) nas regiões de Setúbal e Lisboa, anunciou esta segunda-feira a polícia. Os detidos estão indiciados “pela prática dos crimes abuso sexual de crianças, violação e burla qualificada”, revela a Judiciária, que deu cumprimento aos mandados de detenção.

Segundo a polícia, quatro dos detidos “são de nacionalidade portuguesa, sendo a detenção solicitada pelas autoridades judiciárias de Espanha e do Reino Unido”. O quinto indivíduo é de nacionalidade paraguaia, “sendo a detenção feita ao abrigo de um mandado de detenção internacional emitido pelas autoridades judiciárias deste país”.

Os detidos, adianta ainda a PJ, foram presentes aos tribunais da Relação de Lisboa e Évora, “tendo sido determinado que aguardariam os ulteriores termos do processo de extradição e a entrega às autoridades requerentes sujeitos à medida de coacção de prisão preventiva”.

Comentários

- Pub -