PJ de Setúbal detém casal suspeito de burla informática e tráfico de droga

0
265
visualizações

Operação Viking permitiu desmantelar célula de grupo organizado internacional instalada em Portugal desde Julho

A Polícia Judiciária de Setúbal deteve um homem e uma mulher, de 37 e 27 anos, pela presumível prática dos crimes de acesso ilegítimo, burla informática, branqueamento e tráfico de estupefacientes, acabando por desmantelar uma célula de uma rede internacional que se apropriava de dinheiro das vítimas.

- Pub -

“No decurso da investigação, veio a ser desmantelada uma célula de um grupo organizado internacional, instalada em território nacional desde Julho do transacto ano, que, de forma continuada, numa actuação conhecida por ‘phishing’, vinha apoderando-se de quantias monetárias de terceiros, com posterior branqueamento dos valores ilicitamente obtidos”, anunciou esta quarta-feira a PJ.

Durante a operação denominada “Viking”, explica ainda a polícia, “foram realizadas seis buscas e constituídos cinco arguidos, entre os quais algumas das ‘money mules’ utilizadas, congeladas contas bancárias cujo saldo ascende a mais de 400 mil euros, e apreendidos dois veículos, produto estupefaciente (cocaína e haxixe), diversos documentos com interesse probatório, equipamentos informáticos e outros bens adquiridos pelos visados com proventos obtidos através do esquema fraudulento em investigação”.

Os detidos, um homem e uma mulher, de 37 e 27 anos, serão presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coacção tidas por adequadas.

- Pub -

Queremos a sua opinião!