Festival do Choco arranca sexta-feira na Casa da Baía e junta mais de 30 restaurantes

0
410
visualizações

Aula de culinária gratuita marca arranque do evento. As diferentes formas de confeccionar uma iguaria tradicionalmente sadina vão poder ser apreciadas ao longo das próximas semanas

- Pub -

Mais de 30 restaurantes de Setúbal participam no Festival do Choco que arranca já na próxima sexta-feira, prolongando-se até 11 de Março. Uma aula de culinária, de inscrição gratuita, a ter lugar a partir das 10h00, na Casa da Baía, marca o início do evento. As inscrições para esta aula, conduzida pelo chef José Serrano e promovida pela Docapesca e pela Câmara Municipal de Setúbal, podem ser efectuadas por telefone (265 545 010) ou email ([email protected]) até à próxima quinta-feira.

O choco volta assim a reinar num festival gastronómico, que apresenta diferentes formas de confeccionar e saborear o molusco típico do Sado.

“Frito, no prato com batatas, igualmente fritas, e salada, ou no pão. Esta é a maneira mais comum, e também saborosa, de apresentar a iguaria que faz parte da tradição gastronómica setubalense, não apenas durante o Festival do Choco 2018, promovido pela Câmara Municipal de Setúbal e Docapesca, mas ao longo de todo o ano”, salienta a autarquia, lembrando ainda que também é possível provar a iguaria de outras formas: “assado com ou sem tinta, ensopado, à antiga, em caldeirada, estufado, ao alhinho e de pitéu, além de feijoada de ovas”.

Além da aula de culinária com o chef José Serrano, destaca-se também, a 11 de Março, no encerramento do evento, uma degustação comentada pelo chef João Antunes, a partir das 18h00, também na Casa da Baía. Estas duas actividades são de participação gratuita “mediante inscrição, respectivamente até aos dias 22 de Fevereiro e 8 de Março, pelo 265 545 010”, reforça a edilidade.

Participam no Festival do Choco a Adega do Zé, a Adega Leo do Petisco, o Baluarte da Avenida, o Bombordo, o Cais 56, o Cantinho dos Petiscos, o Capitão Cook, a Casa do Mar, a Casa Lagarto, o Copa D’Ouro, o Estuário do Sado, o Ferribote, o Mar Azul, o Museu do Choco, a Nova Taberna o Pescador, o Novo 10, o Kefish e o Convés. Integram ainda o festival os seguintes estabelecimentos: Petisqueira o Manuel, Poço das Fontainhas, Rebarca, Restinguinha, Ribeirinha do Sado, Solar do Marquês II, Só Sónia, Taberna de Azeitão, Taberna Grande, Taberna Típica O Pescador II, Tasca da Avenida, Tasca da Fatinha, Tasca das Marés, Tasca do Xico da Cana, Ti Prudência e Verde e Branco.

“Divulgar sabores e tradições da cozinha setubalense e, em simultâneo, estimular a restauração local e promover Setúbal enquanto destino turístico de excelência” é objectivo da iniciativa, que integra um ciclo de eventos gastronómicos dinamizado pela Câmara Municipal.

- Pub -

Queremos saber a sua opinião.