Série positiva do Vitória termina com derrota em Braga

0
30
visualizações

Depois de dez jogos oficiais sem conhecer o sabor da derrota, o Vitória FC perdeu no sábado no reduto do Sp. Braga, por 3-1, numa partida marcada por algumas decisões polémicas da equipa de arbitragem liderada por Jorge Sousa. Raul Silva, Paulinho (de grande penalidade) e Esgaio marcaram para os minhotos, enquanto André Pereira fez o tento de honra dos sadinos.

- Pub -

No final do encontro da 22.ª jornada, o treinador José Couceiro, que teve uma enorme contrariedade logo nos nove minutos com a lesão de João Amaral (melhor marcador da equipa na I Liga com oito golos), escusou-se a pronunciar sobre os lances que mais dúvidas suscitaram a quem assistiu ao jogo nas bancadas ou pela televisão.

Por um lado, uma falta de André Horta sobre Costinha no interior da área, que daria penálti favorável ao Vitória quando o resultado estava em 1-0. Já no segundo tempo, noutro lance discutível, vislumbrou uma falta de um jogador sadino sobre um adversário, lance que permitiu aos anfitriões ampliarem para 2-0, aos 65 minutos.

Os bracarenses, que tinham perdido nos dois confrontos desta época com os sadinos (2-0 no campeonato e 2-1 na Taça da Liga, ambos no Bonfim), demoraram um quarto de hora a criar perigo e, já depois de um cruzamento ‘venenoso’ de Esgaio (16), foi Dyego Sousa a quase marcar, mas Cristiano negou o golo ao brasileiro com uma grande defesa (19).

- Pub -

Deixe uma resposta