Projecto municipal já permitiu remover 155 antenas obsoletas de edifícios em Setúbal

0
171
visualizações

Iniciativa visa melhorar a atractividade dos espaços urbanos e assegurar a segurança de pessoas e bens. Bombeiros Sapadores executam a operação sem custos para os proprietários

- Pub -

Em pouco mais de um mês, a campanha lançada pela Câmara Municipal de Setúbal para remoção de antenas obsoletas de telhados de edifícios totaliza até ao momento 83 acções que permitiram a retirada de 155 antenas. A iniciativa, que visa melhorar a atractividade e segurança de pessoas e bens no espaço urbano, foi iniciada nos finais de Dezembro e, segundo a autarquia, já contou com “mais de oito dezenas de acções”, a última das quais realizada na manhã do passado sábado, num prédio em Vale de Cerejeiras, na zona dos Quatro Caminhos.

“O projecto da autarquia é suportado numa campanha de comunicação que fez chegar aos munícipes, por distribuição de postal RSF e divulgação na página de Internet do município, com informação sobre a possibilidade de requererem a remoção dos equipamentos sem qualquer custo”, explica a Câmara de Setúbal, salientando que na mais recente acção, concretizada em Vale de Cerejeiras, “foi a administração de um condomínio que tomou a iniciativa”. A administração efectuou um primeiro contacto com os inquilinos interessados em retirar as antenas sem uso e, posteriormente, “formalizou o pedido” à edilidade “para, numa única vez, se proceder à remoção dos equipamentos obsoletos”.

O trabalho, explica a autarquia, “é feito por uma equipa de operacionais da Companhia de Bombeiros Sapadores de Setúbal, que, depois de uma vistoria inicial, procedem à retirada de antenas e parabólicas sem utilidade, sem que os particulares tenham de suportar qualquer custo na operação”.

Cerca de uma dezena removida em apenas um edifício

No caso do prédio em Vale de Cerejeiras, durante a manhã, o município revela que os bombeiros retiraram “perto de uma dezena de antenas, equipamentos que, numa primeira fase, são armazenados num contentor instalado no quartel dos Sapadores e, posteriormente, encaminhados para reciclagem e tratamento de valorização”.

De acordo com a autarquia, a campanha “Setúbal Recicla Antenas” regista, desde 21 de Dezembro, “um total de 137 pedidos de recolha de antenas dos telhados, tendo sido realizadas, em pouco mais de um mês, 83 acções de remoção”. A contabilização global “regista, até ao momento, a recolha de 155 antenas”.

“A Câmara Municipal de Setúbal pretende, com mais este projecto de qualificação e valorização do espaço público, evitar que as antenas antigas em situação de abandono degradem o edificado da malha urbana e ponham risco a segurança em caso de queda de estruturas”, vinca a autarquia, explicando a concluir que o projecto “tem particular incidência no centro histórico mas está disponível para acções em todas as áreas da cidade”.

- Pub -

Queremos saber a sua opinião.