Não concordando com as decisões do presidente

0
84
visualizações

Flávio Santos demitiu-se de treinador do GD Fabril

- Pub -

No seguimento do afastamento de sete jogadores por parte do presidente do GD Fabril, aos quais se juntaram mais oito que saíram em solidariedade com os companheiros, Flávio Santos demitiu-se do cargo de treinador, explicando que sentiu ultrapassado pelo presidente, pois tal decisão ‘só me foi transmitida à posteriori’. Contudo, referiu manter a estima pelo senhor Faustino Mestre: ‘tem poderes para fazer o que fez, mas, porém, eu não concordei. Por isso saí. Ponto final’.

- Pub -

Queremos a sua opinião!