José Luís Bucho recandidata-se a presidente do Bombeiros Voluntários de Setúbal

0
111
visualizações

Eleições são na quarta-feira e há apenas uma lista candidata. José Luís Bucho assegura que a o saneamento financeiro da associação humanitária está “praticamente resolvido”

- Pub -

José Luís Bucho, 56 anos, coordenador do Serviço Municipal de Protecção Civil e Bombeiros (SMPCB), lidera a Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Setúbal (AHBVS) desde Outubro de 2005, e recandidata-se a mais um mandato.

Os cerca de dois mil associados são chamados a eleger, na próxima quarta-feira, dia 31, os corpos sociais para os próximos três anos.

A reactivação da fanfarra e a elaboração do projecto para a construção de um novo quartel em Azeitão são dois dos objectivos para o futuro próximo depois de os bombeiros terem conseguido, segundo o presidente recandidato, controlar a situação financeira da associação.

Porque decidiu recandidatar-se?

Para terminar alguns projectos em curso e para dar o meu contributo social enquanto cidadão.

Que balanço faz deste mandato que está a terminar?

Positivo. Consolidámos algumas coisas. Temos o problema do saneamento financeiro da associação, que vinha desde 2005, praticamente resolvido. Finalmente conseguimos o Posto de Emergência Médica (PEM) do INEM, consolidámos o projecto do dispositivo municipal de resposta às emergências e apareceram novas ideias para novos projectos.

Que novas ideias e novos projectos?

O plano de actividades da AHBVS contem 34 acções para desenvolver. Entres estas destacamos as acções de formação para entidades públicas e privadas, abertura de uma nova recruta, a reactivação da fanfarra, a renovação da frota do serviço de saúde, elaboração do projecto para um novo quartel de bombeiros em Azeitão, em parceria com a Câmara Municipal e a União de Freguesias de Azeitão. Vamos também continuar a trabalhar no projecto de criação do Centro Internacional de Gestão de Emergências.

Quais são as linhas gerais da estratégia para o próximo mandato?

Manter e ampliar as nossas capacidades de resposta e continuar a melhorar o funcionamento da associação e do seu corpo de bombeiros.

Como classifica a situação actual da associação?

Como qualquer associação de bombeiros, sempre com falta de meios e recursos, já que não produzimos nada para comercializar.

Num concelho em que existe corpo de bombeiros sapadores, que papel está reservado aos voluntários?

O mesmo do corpo de bombeiros sapadores, socorro e protecção de pessoas, dos seus bens, dos animais e do ambiente.

O quartel dos bombeiros está localizado numa zona critica. Há projecto no horizonte para mudar a localização?

Depende do ponto de vista. Se me pergunta se as instalações são funcionais e operacionais, direi que estão no limite da resposta, mas estamos a trabalhar em conjunto com a Câmara Municipal e as juntas de freguesia num programa integrado de instalações para bombeiros no concelho.

 

 

Membros da lista única ao mandato 2018-2020

ASSEMBLEIA-GERAL

Presidente – José Manuel Brissos Lino (sócio nº 1116)

Vice-Presidente – Isabel Maria de Freitas Abreu dos Santos (sócio nº 914)

Secretária – Maria de Fátima Rodrigues Cadima (sócio nº 1187)

DIRECÇÃO

Presidente – José Luís Riço Bucho de Matos (sócio nº 847)

Vice-presidente – Paulo Alexandre Mau dos Anjos (sócio nº 866)

Vice-presidente – Maria Luís Alves da Silva Nunes (sócio nº 1223)

Vice-presidente – Isabel Maria Silva Santos (sócio nº 1124)

Secretária-geral – Carmen Gomes Caetano (sócio nº 1266)

Suplentes – Rita Galamba Vieira (sócio nº 912), Carlos Alberto Lima Grilo (sócio nº 852), João Fernando da Silva (sócio nº 428)

CONSELHO FISCAL

Presidente – Helena Maria Veiga Ferreira (sócio nº 873)

Vice-presidente – Carlos Manuel Reis Branco (sócio nº 909)

Secretário – Álvaro Fernandes Mau Rodrigues (sócio nº 247)

- Pub -

Queremos saber a sua opinião.