Concelhias do PS em Sines e Santiago do Cacém mudam de dirigentes

0
179
visualizações

O vereador do Partido Socialista na Câmara de Santiago do Cacém, Óscar Ramos venceu as eleições para a presidência da concelhia do PS de Santiago do Cacém ao passo que, em Sines, a vitória coube à deputada Sofia Araújo.

- Pub -

Em Santiago do Cacém, ato eleitoral decorreu no passado dia 19 de janeiro, em Santiago do Cacém, entre as 18h00 e as 22h00. De um universo de mais de cem militantes “ativos” e com as quotas em dia, o número de votantes ficou aquém do desejado pelo número um da única lista candidata.

Em declarações ao Diário da Região, Óscar Ramos, adiantou que o processo decorreu “dentro da normalidade” e reconheceu que a fraca adesão dos militantes ao ato eleitoral se deveu “à falta de uma sede da comissão política em Santiago do Cacém” e pela existência “de uma lista única”.

O número de pessoas a participar não foi tanto quanto gostaríamos mas temos muita gente, que participou nas autárquicas, que está motivada a colaborar, muita gente jovem empenhada e por isso estamos todos empenhados para que o Partido Socialista seja um partido vencedor”, sublinhou após a vitória.

Com este triunfo, Óscar Ramos sucede na liderança do PS de Santiago do Cacém, ao militante Hugo Ferreira para um mandato de dois anos, tendo como prioridade unir os militantes e tendo a ambição de “ser o primeiro a nível autárquico”.

Queremos um contacto mais próximo com as pessoas, colocar em prática reuniões descentralizadas da concelhia e arrancar com um plano de formação para os nossos militantes e simpatizantes, uma necessidade tendo em conta que a maioria não tem conhecimento da legislação e não tem bases para intervir nas reuniões, vamos promover encontros com movimentos associativos e empresariais”, adiantou o novo líder da concelhia.

Da lista vencedora fazem parte nomes como Manuel Mourão, Luís do Ó, o candidato à Assembleia Municipal de Santiago do Cacém nas últimas eleições autárquicas, Cascão da Silva e o ex-deputado Carlos Amândio. 

O recém eleito presidente da comissão política diz que a motivação é consensual. É um conjunto de gente muito alargado, com formação diversificada mas que está unida por uma forte motivação para ajudar a catalisar e a fazer o trabalho que é necessário junto da nossa população”, concluiu.

A tomada de posse da nova comissão política do PS de Santiago do Cacém acontece no espaço de quinze dias.

Sofia Araújo preside à concelhia de Sines

A deputada do PS, eleita pelo circulo de Setúbal, é o novo rosto da comissão política do PS de Sines sucedendo no cargo a Fernando Ramos, atual vice-presidente da Câmara Municipal de Sines.

Sofia Araújo é militante do Partido Socialista desde 2010 e, após oito anos de militância, decidiu abraçar um novo desafio. “Pretendo dar continuidade ao projeto político que o Partido Socialista tem vindo a construir em Sines apostando muito na união, na comunicação e na proximidade com as pessoas”, sublinhou a nova presidente da comissão política.

No ato eleitoral, que se realizou na  última sexta-feira, entre as 17h30 e as 21h30, votaram 47 militantes na única lista que recebeu o mesmo número de votos.

A nível interno, Sofia Araújo quer apostar na formação. “A formação autárquica é muito importante não só para os militantes como simpatizantes”, acrescentou a atual líder que diz estar acompanhada por pessoas experientes e muitos jovens.

“A lista conta com pessoas que fazem parte do partido desde que ele existe, mais jovens, autarcas e pessoas que trabalham nas instituições de Sines e que conhecem a realidade da nossa terra e que englobam todas as áreas quer a nível social como empresarial”, concluiu.

Helga Nobre

- Pub -

Queremos a sua opinião!