Estreia de “O Lagarto” enche Casa da Cultura

0
179
visualizações

Adaptação do conto original de José Saramago, Prémio Nobel da Literatura, estreou este domingo à tarde na Casa da Cultura

 

- Pub -

Com interpretação de Fernando Casaca e Mário Pais, a peça “O Lagarto”, que marca o início do ciclo de comemorações dos 20 anos do Teatro do Elefante, conta a história de um lagarto que aparece no Chiado e que assusta quase toda a gente. “A história de O Lagarto é um pouco surrealista. Mobilizam-se bombeiros, forças armadas, tudo o que é possível para combater aquele ser estranho. Às tantas, o lagarto, por intervenção das fadas (que nunca aparecem na história) transforma-se em rosa e essa rosa vai transformar-se em pomba no final”, explicou Fernando Casaca, criador e intérprete da peça.

Produzida a pensar num público adulto, a obra para maiores de 12 anos remete-nos para o imaginário infantil, dos contos de fadas. Para Fernando Casaca, trata-se de “um divertimento cómico”, cujo principal intuito é fazer rir o público. “O nosso primeiro objectivo é o divertimento. Mas há uma mensagem subliminar e até falamos de coisas muito sérias. Para nós, este lagarto representa algo estranho, pelo menos para nós, alguém, um facto ou algo, que perturba a rotina das pessoas. E muitas vezes, estamos tão habituados à rotina que reagimos mal ao que é estranho”.

Embora ainda não existam datas definidas, o Teatro do Elefante pretende apresentar esta peça na Biblioteca Municipal de Setúbal e na Fundação José Saramago, em Julho e Setembro. Os bilhetes individuais custam 5 euros e 3 euros (grupos).

 

Teatro do Elefante comemora 20 anos com programação especial

O Teatro do Elefante vai assinalar os seus 20 anos de existência ao longo de 2018, com a estreia de novas produções, como O Lagarto. “Na verdade, é um programa, no qual este espectáculo assume um papel importante, porque é o lançamento e o primeiro espectáculo da temporada dos 20 anos. Por isso, vamos aproveitá-lo noutros contextos para fazer alguma celebração. Não é por acaso que escolhemos José Saramago. Está relacionado também com o facto do prémio Nobel da Literatura ter sido atribuído há 20 anos”.

Questionado pelo DIÁRIO DA REGIÃO, Fernando Casaca faz um balanço positivo dos últimos 20 anos. “Com altos e baixos obviamente, há muita vida, muitas coisas que acontecem, mas de qualquer modo temos vindo a sentir cada vez maior adesão de espectadores”. A nível local, a companhia de teatro beneficia de apoios da autarquia, que lhe permite alargar os espectáculos no país e no estrangeiro, “factores que nos levam a acreditar que daqui a 20 anos estamos com tanta ou mais força a trabalhar no teatro”.

O Teatro do Elefante foi fundado em Outubro 1998. Actualmente, os actores ensaiam no Bairro 2 de Abril, no Centro Sócio-Cultural Elmano Sadino, através de um protocolo com a Junta de Freguesia de São Sebastião. No futuro, está prevista a criação de um espaço do Teatro do Elefante no Parque Urbano da Várzea.

- Pub -

Queremos a sua opinião!